Segunda-feira, 24 de junho de 2024

Porto Alegre
Porto Alegre, BR
15°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Notícias Vacinação contra a dengue deve começar na próxima semana em Porto Alegre e outros cinco municípios

Compartilhe esta notícia:

Ministério da Saúde enviou 31,5 mil doses ao Estado. (Foto: Divulgação)

O Rio Grande do Sul deve iniciar na próxima semana a vacinação contra a dengue nos municípios definidos pelo Ministério da Saúde. Técnicos do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs) participaram nessa segunda-feira (29) de uma reunião com representantes do Programa Nacional de Imunizações (PNI) para planejamento da ação de imunização em Porto Alegre e outras cinco cidades.

O envio das 126 mil doses da vacina será feito de forma escalonada, com a primeira remessa sendo entregue à Secretaria da Saúde (SES) nessa terça-feira (30). A definição do MS quanto às cidades e ao público prioritário para a vacinação será mantida: crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos. As seis cidades que receberão os imunizantes são Porto Alegre, Viamão, Alvorada, Gravataí, Cachoeirinha e Glorinha.

Na reunião, os representantes do MS explicaram que o critério para a definição dos municípios levou em conta o histórico de casos de dengue entre 2013 a 2022, visto que a estratégia foi definida antes do final do ano passado. As 126 mil doses representa a população estimada, nos seis municípios, que pertencem à faixa etária definida.

A nota informa que: “Considerando as dimensões continentais do Brasil, a heterogeneidade de transmissão em cada região, e o limitado quantitativo de doses da vacina disponíveis para 2024, foram selecionados municípios de grande porte (população maior ou igual a 100 mil habitantes) com alta transmissão de dengue nos últimos dez anos, incluindo os demais municípios das suas regiões de saúde de abrangência, independentemente do porte populacional, ordenados pela predominância do sorotipo DENV-2 (reemergência recente) e pelo maior número de casos no monitoramento 2023/2024 (Semana Epidemiológica 27 de 2023 Até a Semana 2 de 2024)”.

Com base nesses critérios, a cidade de Glorinha acabou sendo incluída. Mesmo com população abaixo de 100 mil habitantes, ela foi selecionada por fazer parte da mesma região de saúde de outros municípios com população superior e com maior incidência da dengue no período. O ranqueamento dos municípios, contudo, não foi divulgado para os Estados pelo MS.

Disponibilização

A previsão de chegada das primeiras doses da vacina (cujo nome comercial é Qdenga, da fabricante japonesa Takeda Pharma) está prevista para esta terça. Elas serão disponibilizadas, em seguida, para a retirada dos municípios na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi).

Todo o quantitativo será destinado para aplicação da primeira dose no público prioritário. O quantitativo que será enviado para a segunda dose do esquema vacinal, aplicada após três meses, dependerá do número de primeiras doses registrado no sistema do PNI.

Grupo prioritário

Pela definição do MS, serão vacinadas as crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, faixa etária que concentra maior número de hospitalização por dengue nacionalmente nos últimos anos: 16,4 mil de janeiro de 2019 a novembro de 2023.

A vacina do fabricante japonês não é autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para pessoas acima dos 60 anos, público que no RS concentra o maior número de óbitos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Após incêndio com 10 mortos, força-tarefa da prefeitura de Porto Alegre inicia vistoria em pousadas
Governo e CMPC anunciam investimento de R$ 24 bilhões em nova planta industrial de celulose
https://www.osul.com.br/vacinacao-contra-a-dengue-deve-comecar-na-proxima-semana-em-porto-alegre-e-outros-cinco-municipios/ Vacinação contra a dengue deve começar na próxima semana em Porto Alegre e outros cinco municípios 2024-04-29
Deixe seu comentário
Pode te interessar