Quarta-feira, 06 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Economia Venda de vinhos e ocupação hoteleira crescem durante o Dia do Vinho Brasileiro

Compartilhe esta notícia:

Comemorações duram 10 dias em todas as regiões envolvidas. (Crédito Henrique Lavoratti/Divulgação)

O Dia do Vinho Brasileiro foi celebrado em 45 cidades em seis estados brasileiros neste ano. A comemoração ocorreu de de 17 de maio a 2 de junho e foi uma amostra da consolidação do movimento que faz alusão à cultura da uva e do vinho. Os 10 anos de celebração foi presenteado com o crescimento do movimento:  em 2010, apenas cinco cidades da Serra Gaúcha integravam a programação. Em uma década, houve um crescimento de 64%, conforme a organização.

Em 2019, durante 17 dias de festividade, os amantes do turismo de experiência puderam desfrutar de mais de 700 atividades simultâneas e descentralizadas, incluindo descontos no projeto Abasteça sua Adega, no Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo e nos estreantes Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Ao todo, foram 124 empreendimentos. Foram reunidos 67 vinícolas, nove lojas/delicatéssens, 41 restaurantes e sete hotéis, além de praças e centros de ensino.

A realização da iniciativa é do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) da Região Uva e Vinho e do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Para o presidente do Segh, Vicente Perini Filho, a receita de sucesso se deve a três fatores principais: parcerias estratégicas, qualidade na oferta e dedicação de todos os envolvidos.

“A celebração teve o charme do Outono, o clima ideal para incentivar a venda de vinhos, grande oferta de descontos e programações atrativas. No Rio Grande do Sul, estado que concentrou o maior número de atividades, a rede hoteleira e gastronômica apresentou, em média, 10% de crescimento, em relação ao fluxo normal. Alguns hotéis da Região Uva e Vinho, na Serra Gaúcha, principal destino enoturístico do país, tiveram uma excelente taxa de ocupação nos três finais de semana, alguns chegando a 80%”, avalia Perini Filho.

Oscar Ló, presidente do Ibravin, concorda e estima um crescimento de 15% nas vendas no varejo das vinícolas durante o período do Dia do Vinho Brasileiro, principalmente em função dos descontos. “O trade turístico comprou [a ideia], o setor vinícola se empenhou e outros estados também começam a desenvolver essas ações (…) os canais se preparam com promoções e hoje o Dia do Vinho Brasileiro é um dos indutores de enoturismo do país”, observa Ló.

A próxima edição do Dia do Vinho Brasileiro acontecerá entre os dias 22 de maio e 7 de junho de 2020.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Cera quente é a melhor opção para depilação no inverno
Quatro pessoas são denunciadas no caso de mortes em escola de Suzano
Deixe seu comentário
Pode te interessar