Quinta-feira, 26 de Novembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Mostly Cloudy

Porto Alegre Viaduto na rua Ramiro Barcelos ganha proteção para pedestres

Compartilhe esta notícia:

Obras públicas seguem com amparo legal para execução.

Foto: Maria Ana Krack/PMPA
Obras públicas seguem com amparo legal para execução. (Foto: Maria Ana Krack/PMPA)

Para garantir a segurança dos pedestres, a prefeitura executa obra de implantação de guarda-corpos nas quatro alças do Viaduto Ildo Meneghetti, localizado na rua Ramiro Barcelos sobre a rua Vasco da Gama, no bairro Rio Branco. Com investimento de R$ 459.790,00, os serviços têm estimativa de seis meses de duração. Os trabalhos iniciais, como topografia, instalação do canteiro de obras e instalação de telas de isolamento entre a obra e o passeio, já foram realizados. Atualmente a empresa DW Engenharia está concretando as microestacas, montando as vigas de fundações para concretagem e, no canteiro de obras, fazendo as formas e armaduras das estruturas de concreto. Os serviços deverão ser executados de segunda a sábado nos horários compreendidos entre 8h e 17h30.

“A instalação dos guarda-corpos tem objetivo de garantir a segurança dos pedestres que ali circulam, buscando evitar possíveis quedas e acidentes. Também estamos cumprindo uma recomendação do Ministério Público Estadual”, destaca o secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen.

Com base no Decreto 20.534, publicado nesta quarta-feira (1°), as obras públicas seguem com amparo legal para execução. A Smim (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade) está seguindo todas as orientações e utilizando os equipamentos para proteção nas equipes de fiscalização de todas as obras como prevenção à Covid-19. A secretaria também emitiu comunicado às empresas contratadas para apresentar plano de ação elencando todas as medidas de segurança e higienização que serão tomadas para prevenção de seus funcionários e equipes, bem como salientou o acompanhamento constante das medidas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Transporte público precisa se reinventar, sem perder função social, diz Marchezan
Sancionada lei que prevê pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais
Deixe seu comentário
Pode te interessar