Últimas Notícias > Colunistas > Preço da liberdade

A Semana Municipal da Juventude começa neste sábado em Porto Alegre

Programação inclui atividades em várias regiões da Capital. (Foto: Filipe Tisbierek/Divulgação PMPA)

Deste sábado (11) até o domingo da próxima semana (19)  a Semana “Um Olhar para a Juventude de Porto Alegre” apresentará atividades em várias regiões da Capital, que serão realizadas por cerca de 70 organizações da sociedade civil e públicas, com oferta de serviços federais, estaduais e municipais. O evento é organizado pela prefeitura, por meio da Coordenadoria da Juventude da SMDSE (Secretaria de Desenvolvimento Social e Esporte), em parceria com a Rede Juventudes de Porto Alegre.

De acordo com a FEE (Fundação de Economia e Estatística), 27% da população de Porto Alegre é formada por jovens de 12 a 29 anos. A secretária Denise Russo destaca a capacidade de mobilização e de produtividade deles. “Os jovens são responsáveis pelo futuro do País e por aproximar a inovação ao dia-a-dia da cidade, a partir de redes de colaboração e de novos modelos de atuação”, ressalta.

A programação inclui ações e eventos em várias áreas, com representação de todas as tribos e segmentos jovens de Porto Alegre. O coordenador da Juventude da Diretoria dos Direitos Humanos da SMDSE, Filipe Tisbierek, enfatiza o objetivo do evento. “A proposta é, na contramão das notícias negativas, mostrarmos a força da juventude e todas suas qualidades e talentos, com o protagonismo dos jovens. Poder público e sociedade civil precisam se unir de forma consciente e colaborativa, assegurar um desenvolvimento adequado para esses cidadãos, que serão responsáveis pelo futuro.”

O destaque da programação é a Estação da Juventude, que ocorrerá na quarta-feira (15), das 10h às 18h, no Largo Glênio Peres. O evento inclui atividades culturais, orientação jurídica, sobre direitos do consumidor, o mercado de trabalho, medidas de proteção ao meio ambiente, separação correta de resíduos, ID Jovem, informações para o público LGBTI, inscrições para cursos gratuitos, testes rápidos de HIV e Sífilis.

Vacinação

Ao término da primeira semana de vacinação contra sarampo e poliomielite em Porto Alegre, 3.791 crianças foram imunizadas contra poliomielite e 3.741 contra o sarampo na rede pública municipal. Os dados são preliminares e indicam registros no SIPNI (Sistema de informações do Programa Nacional de Imunizações) até as 12h desta sexta-feira, 10. Até segunda-feira (13) pela manhã as informações podem ser inseridas no sistema.

De acordo com o Ministério da Saúde, a meta é vacinar em Porto Alegre pelo menos 95% das 65.181 crianças na faixa etária que vai de 1 ano a 5 anos incompletos. As doses da poliomielite na primeira semana correspondem a 5,8% da população alvo. Em relação à vacina tríplice viral, que também protege contra rubéola e caxumba, o percentual de crianças vacinadas alcança 5,7%.

Segundo a chefe do Núcleo de Imunizações da Vigilância em Saúde da SMS (Secretaria Municipal de Saúde), Bianca Ledur, os números da vacinação apresentam uma adesão baixa na primeira semana da campanha, que prossegue até 31 de agosto em todo o País.

Na Capital, a SMS oferece as vacinas em 127 salas específicas em unidades de saúde. Duas salas que estavam com equipamentos de conservação das vacinas em avaliação na segunda-feira, 6, foram liberadas, permitindo a vacinação: da US Bananeiras e US Campo Novo. As 127 salas com equipamentos em condições de funcionamento correspondem a 91,3% das 139 salas de vacina mantidas pela prefeitura.

O secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, lembra que a vacinação é a estratégia mais eficaz para prevenir a poliomielite e o aumento da incidência do sarampo na cidade. Harzheim enfatiza que a vacinação “protege de forma individual e também coletiva, pois quanto maior a cobertura vacinal, menor é o número de pessoas suscetíveis às infecções”.

As salas de vacina atendem no horário de funcionamento das unidades de saúde e serviços da SMS, sempre de segunda a sexta. Nas US, o horário é das 8h às 17. Na Clínica de saúde da Família da Restinga, das 8h às 20h, o horário é das 8h às 22h, nos três serviços com horário estendido: Centro de saúde Modelo, US São Carlos e US Tristeza.

Deixe seu comentário: