Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro viaja para Japão, China e países do Oriente Médio

Caso Marielle: Dodge solicita inquérito que apura irregularidades na investigação do assassinato

(Foto: Divulgação/Câmara Municipal do RJ)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma cópia do inquérito policial aberto no Rio de Janeiro sobre possíveis irregularidades na investigação do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Na petição, enviada nesta sexta-feira (16), Dodge explicou que o pedido é necessário para analisar uma possível federalização do caso, ou seja, um deslocamento de competência para julgar o crime passando da Justiça estadual para a Justiça Federal.

Outro motivo para o pedido de Dodge é a suspeita de envolvimento de uma pessoa na obstrução das investigações. No ano passado, a Procuradoria-geral da República havia pedido a transferência das investigações da Justiça estadual para a Federal, mas o pedido acabou arquivado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

A vereadora Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, foram assassinados com vários tiros dentro de um carro da parlamentar, no centro do Rio de Janeiro, em março de 2018. A investigação foi instaurada em novembro, com o objetivo de apuração de crimes como organização criminosa, fraude processual, exploração de prestígio, falsidade ideológica e outros.