Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Neymar lamenta vaias e admite que queria voltar ao Barcelona, mas afirma: “é página virada”

Com gols de Everton, Gabriel Jesus e Richarlison, Brasil vence Peru e ganha sua 9ª Copa América

Everton foi o autor do primeiro gol da seleção brasileira. (Reprodução Instagram @CopaAmerica)

A Copa América 2019 tem dono: a seleção brasileira. Brasil e Peru se enfrentaram nesse domingo (7), pela final da competição e a equipe de Tite levou a melhor. Com gols de Everton, Gabriel Jesus e Richarlison, a Canarinho se consagrou eneacampeã (nove vezes) da América. Um espetáculo breve, com show da cantora Anitta, marcou o encerramento do evento, antes da partida começar.

Na Copa, que durou um mês, o Brasil terminou a fase de grupos como líder do grupo A, que teve o Peru como terceiro colocado. Após, a Canarinho eliminou Paraguai e Argentina, enquanto a equipe do capitão Paolo Guerreiro — ídolo também do Internacional —, tirou da corrida pela taça os uruguaios e os chilenos. Uma final inesperada se confirmou, já que o Brasil possuía oito títulos contra apenas dois dos peruanos — que não ganha a Copa América há mais de 40 anos.

No primeiro tempo, a seleção brasileira começou com dificuldades para jogar e só o Peru mantinha e trabalhava a bola. Os minutos iniciais também foram marcados por muitas faltas de ambos os lados. Mas, quando o relógio marcava os 15, a estrela de Gabriel Jesus brilhou, chegando pela direita, e Everton comprovou sua qualidade e o título de artilheiro da competição: gol!

O Brasil seguiu tentando o segundo, mas não conseguia encontrar o caminho. As dificuldades aumentaram no final da etapa inicial. O árbitro chileno Roberto Tobar entendeu que Thiago Silva colocou a mão na bola e marcou pênalti a favor do Peru. O craque peruano, Paolo Guerrero, deslocou Alisson e bateu na esquerda, fazendo o gol e confirmando a artilharia na Copa América pela sua equipe.

Porém a seleção brasileira não se contentaria com o empate. Aos 47 minutos, Firmino perdeu a bola, mas conseguiu corrigir seu erro. Com articulação de Arthur, Gabriel Jesus voltou a aparecer bem. Ele chegou na cara do gol, tirou do goleiro Pedro Gallese e colocou no canto direito. 2 Brasil. 1 Peru.

Na etapa complementar, a partida seguiu intensa. As duas seleções deixavam claro que queriam a vitória. A arbitragem distribuiu cartões amarelos por entradas mais fortes e o Brasil acabou prejudicado. Gabriel Jesus, que já havia sido amarelado no primeiro tempo, levou o segundo e foi expulso.

A partida ficou tensa. Muitas faltas em campo, principalmente feitas pelos peruanos. O jogo se encaminhava para o final e o Brasil confirmava a conquista por 2 a 1, quando a arbitragem marcou um novo pênalti. Dessa vez, a favor do Brasil. Richarlison bateu no canto e marcou o seu.

Roberto Tobar apontou o meio do campo e apitou! A Copa América é do Brasil!

Deixe seu comentário: