Últimas Notícias > Capa – Magazine > Possível retorno? The Pussycat Dolls deve lançar novas músicas e turnê mundial

Desembargador Thompson Flores confirmado na 8ª Turma do TRF4, que cuida da Lava-Jato

Desembargador Thompson Flores (C), atual presidente do TRF4, integra a partir de junho, a 8ª Turma do Tribunal. (Foto TRF4)

O Plenário Administrativo do Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou o atual presidente, desembargador federal Thompson Flores para integrar a 8ª Turma, especializada em matéria criminal. Cabe a esta turma julgar os recursos em segundo grau, dos casos da Operação Lava-Jato. Ele ocupará vaga do desembargador Victor dos Santos Laus, eleito presidente do Tribunal. O Plenário Administrativo é composto pelos 27 desembargadores do TRF4 e presidido pelo presidente do tribunal, com competência para deliberar sobre questões administrativas internas da Justiça Federal da 4ª Região.

Lamachia deixa saudades na OAB

A julgar por algumas manifestações do atual presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, nas redes sociais, a chinelagem é assustadora. Ao responder críticas que recebeu de advogados que não concordam com evento sobre fake news promovido por ele e para o qual convidou Dias Toffoli e Ricardo Lewandowsky, o presidente da OAB chama os colegas de “filhos da puta”. Como se vê, o advogado gaúcho Claudio Lamachia, que há pouco transmitiu o cargo, deixa saudades na OAB.

Memorial aos Anistiados: R$ 30 milhões, e desvios

O Memorial da Anistia aos terroristas e condenados por crimes praticados durante o regime militar custou quase R$ 30 milhões. Construído em Belo Horizonte, o custo da obra foi criticado ontem pela ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos) ao participar na Câmara dos Deputados, de audiência pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle. Os custos da obra vêm sendo apurados em operação conjunta da CGU (Controladoria-Geral da União), TCU (Tribunal de Contas da União) e Polícia Federal desde 2017, com suspeita de desvio de recursos.

As novas viagens do governador gaúcho

O governador gaúcho tenciona fazer novas viagens ao exterior. Chile e China estão no radar de Eduardo Leite.

Bolsonaro pode reconduzir Dodge à PGR

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, poderá ser reconduzida ao cargo. Ela não se inscreveu para a lista de candidatos a procurador-geral da República. A possibilidade de sua recondução é bem viável, sob o argumento de que, para o governo, seria melhor indicar um nome conhecido e previsível do que dar um tiro no escuro em um nome desconhecido.

Presidente não precisa seguir a lista na PGR

Embora a insistência do noticiário dando conta de que o presidente teria de indicar um nome da lista tríplice entre os procuradores mais votados, não é isso o que diz a Constituição. Em seu artigo 128, no primeiro parágrafo do Art. II, a Constituição diz: “O Ministério Público da União tem por chefe o Procurador-Geral da República, nomeado pelo Presidente da República dentre integrantes da carreira, maiores de trinta e cinco anos, após a aprovação de seu nome pela maioria absoluta dos membros do Senado Federal, para mandato de dois anos, permitida a recondução.”

Deixe seu comentário: