Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Operação Blecaute prende gerente de estabelecimento em Sapiranga

Ospa retorna ao Margs com recital do Trio de Madeiras de Porto Alegre

Trio de Madeiras de Porto Alegre. (Foto: Augusto Maurer)
A Série Música no Museu, parceria entre a Ospa (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre) e o Margs (Museu de Arte do RS Ado Malagoli), ganha sequência no domingo de 25 de junho, com recital do Trio de Madeiras de Porto Alegre. A partir das 16h30, o grupo, formado pelos músicos da Ospa Leonardo Winter (flauta), Augusto Maurer(clarinete) e Adolfo Almeida Jr. (fagote), interpreta obras de Johann Sebastian Bach, César Guerra Peixe, Robert Muczynski, Hubertus Hofmann e Ernesto Nazareth na Pinacoteca do Margs. O público também poderá apreciar a mostra “Pro Posições: exposição comemorativa dos 25 anos do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS”, que será o cenário da exibição. A entrada é franca.
O programa

“Neste programa, o nosso grupo executa obras originais para a formação de trio de madeiras guarnecidas por arranjos de música barroca e brasileira”, comenta Augusto Maurer, clarinetista. A primeira música do recital é “Cânone Perpétuo da Oferenda Musical”, de Bach (1685-1750). Depois, “Fragments”, do polonês naturalizado norte-americano Muczynski (1929-2010), é interpretada, seguida pelo “Trio” de Hofmann (1929-2011). Augusto conta a história dessa peça: “Ela é fruto de uma extensa parceria entre o compositor e o Trio de Madeiras que resultou, inclusive, na criação de seu Concertino Tríplice, composto para o aniversário de 20 anos do grupo”.

Na sequência, ganha destaque o “Trio” escrito pelo carioca Guerra Peixe (1914-1993). “O compositor oscilou, durante toda sua carreira, entre uma vigorosa estética nacionalista e os ensinamentos de Hans-Joachim Koellreuter, principal promotor e divulgador, no Brasil, das inovações da vanguarda europeia de então. Seu ‘Trio’ reflete esta tendência ao apresentar danças estilizadas do nordeste brasileiro numa linguagem tonal provocativa”, explica Augusto. A apresentação termina com adaptações do conjunto para duas peças de Ernesto Nazareth (1863-1934): “Bambino” e “Brejeiro”.

Programa
Johann Sebastian Bach: Cânone Perpétuo da Oferenda Musical
César Guerra Peixe: Trio para flauta, clarinete e fagote
Robert Muczynski: Fragments
Hubertus Hofmann: Trio nº 2
Ernesto Nazareth: Bambino (Arranjo de Kim Ribeiro) e Brejeiro (Arranjo de Leonardo Winter)
Apresentação: Trio de Madeiras de Porto Alegre, formado por Leonardo Winter (flauta), Augusto Maurer (clarinete) e Adolfo Almeida Jr. (fagote).
O grupo

Fundado em 1984, o Trio de Madeiras de Porto Alegre é um conjunto de câmara formado por flauta transversal, clarineta e fagote. Tem o objetivo de divulgar a música composta para esta formação, incentivando a criação e execução de novas obras. Com amplo repertório, executa peças originais de diferentes períodos e estilos e arranjos especialmente compostos para o conjunto.

Leonardo Loureiro Winter (flauta transversal), Augusto Fonseca Maurer (clarineta) e Adolfo Almeida Jr. (fagote), os integrantes, possuem destacada atuação profissional: são músicos da Ospa, professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e do Conservatório Pablo Komlós (Escola de Música da Ospa). Vencedor de diversos prêmios, como o Açorianos de Música, o Trio vem se apresentando em recitais e concertos no Brasil e exterior.

A série

Lançada no ano passado, a série Música no Museu foi criada para institucionalizar a presença da música de câmara na programação da Ospa. Ela leva ao público repertórios para formações menos numerosas em relação à orquestra, além da produção de compositores que escrevem especificamente para essas formações. Em Porto Alegre, os encontros são promovidos uma vez por mês em parceria com o MARGS. O objetivo da série é também aproximar música, artes visuais e história em um espaço tradicional da cidade dedicado à preservação da nossa história cultural. Uma das novidades deste ano é a apresentação do grupo “Ospa Música Nova”.

Dica – Quem for ao recital poderá apreciar também, além de “Pro Posições: exposição comemorativa dos 25 anos do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais do Instituto de Artes da UFRGS”,  as mostras “Redes”, por Tonico Alvares, “Uma Possível História da Arte do Rio Grande do Sul: Plural[ismos] no sul” , “Marilice Corona – entre o acervo e o eStúdio”, “No eStúdio – mostra coletiva do Studio P” e “TRAÇO SOLTO – Trânsitos da Arte Naif no Acervo do Margas”. No Bistrô, está em cartaz “POA 81”, de Flávio Wild.

Serviço
Recital do Trio de Madeiras de Porto Alegre | Série Música no Museu da Ospa
Quando: 25 de junho, domingo, às 16h30min
Onde: Museu de Arte do RS Ado Malagoli – Margs (Praça da Alfândega, s/n – Centro Histórico)
Entrada franca
Mais informações pelo site www.ospa.org.br ou pelo telefone (51) 32227387.

Deixe seu comentário: