Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Gastrobar com inspiração na culinária portuguesa inaugura em Porto Alegre

Para recuperar passaporte, Ronaldinho e Assis fazem acordo de milhões com MP

Ele e seu irmão deverão depositar R$ 6 milhões. (Foto: Reprodução/Instagram)

Para receber seu passaporte de volta, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho fez um acordo com o Ministério Público na Justiça do Rio Grande do Sul. Para isso, conforme o Termo de Audiência publicado nesta quarta-feira (11) no sistema do Tribunal de Justiça, ele e seu irmão, Roberto de Assis Moreira, deverão depositar R$ 6 milhões em um Fundo para Reconstituição de Bens Lesados até o dia 1º de outubro.

O valor divulgado ainda é abaixo do que foi definido quando a sentença transitou em julgado, com multa e indenização chegando a R$ 8,5 milhões. Caso não paguem até a data estipulada, o valor devido sobe para R$ 9,8 milhões.

O caso
A apreensão do documento de Ronaldinho Gaúcho e do irmão, Roberto de Assis Moreira, foi determinada em novembro de 2018 por conta de uma condenação por multa ambiental pela construção de um trapiche no Guaíba, em Porto Alegre.

Deixe seu comentário: