Últimas Notícias > Capa – Magazine > Confira como foi passagem de Bruna Marquezine em Festival de Cinema de Gramado

Estudantes fazem caminhada em protesto contra cortes na Educação

Manifestantes iniciaram caminhada no Centro de Porto Alegre. (Foto: O Sul)

Estudantes fizeram uma caminhada, nesta terça-feira (13), no centro de Porto Alegre, em protesto aos cortes no orçamento da Educação, anunciados pelo governo federal. O grupo, que iniciou a mobilização na Esquina Democrática por volta das 18h, percorreu a avenida Júlio de Castilhos, passou pelo Viaduto da Conceição e encerrou a caminhada no Campus da UFRGS, na avenida Osvaldo Aranha.

O trânsito na região central da cidade apresentou alguns trechos de lentidão e congestionamento. Agentes da EPTC acompanharam a mobilização para minimizar os impactos no trânsito.

A reportagem de O Sul contatou o Comando de Policiamento da Capital (CPC), que não quis comentar número de participantes.

 

A União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre (Umespa) e a União Gaúcha dos Estudantes Secundaristas (UGES) anunciaram, na manhã desta terça-feira (13), uma manifestação contra o corte do orçamento da Educação, promovido pelo governo federal.

Entidades estudantis brasileiras se mobilizaram para o protesto em todo o Brasil. No RS, mais de 24 municípios fizeram caminhada pela educação.

Segundo Vitória Cabreira, presidente da Umespa, o Ministério da Educação foi a pasta que mais sofreu cortes no governo de Jair Bolsonaro. “Só nesse ano já são mais de R$ 6,2 bilhões retirados da educação, o que corresponde a 25% do orçamento total da pasta. Ainda na última semana, mais um ataque foi deferido contra a educação com um bloqueio de R$ 348 milhões para compra de livros para as escolas”, afirma a representante estudantil.

Deixe seu comentário: