Últimas Notícias > Magazine > Dicas de O Sul > Espetáculo do Grupo Cerco, sucesso de público e de crítica, retorna com apresentações

No aniversário do ator, irmã e namorada de Rafael Miguel pedem justiça

(Foto: Reprodução Instagram)

Neste 9 de julho, o ator Rafael Miguel estaria completando o vigésimo terceiro aniversário. Na mesma data, se finda o primeiro mês da morte dele e dos pais, brutalmente assassinados por Paulo Cupertino em 9 de junho deste ano.

A filha do casal João Alcisio Miguel e Mirian Selma Miguel, Camilla Miguel, lembrou, com saudosismo, da cumplicidade e do amor que recebeu do irmão mais novo. Com várias fotos e memórias, ela escreveu: “Por mais que eu queira, do fundo da minha alma, celebrar de alguma forma quem vocês foram, e esse dia que sempre foi especial e cheio de alegria pra gente, ainda dói demais”. 

Poucos dias atrás, em 2 de julho, também foi aniversário do pai da jovem. Na publicação, ela contou que a semana de aniversário dos dois normalmente era comemorada em conjunto, por toda a família, mas que, hoje, ela vivia a realidade de estar há um mês sem falar com nenhum dos três. Camila encheu o irmão de elogios: “você tinha um coração tão bom. Era doce, respeitoso, sentimental. Era meu amigo, com quem dividi toda a minha infância, (…) Nossa família era tudo pra você, e nunca deixou de demonstrar isso como sendo seus protegidos, sua prioridade. Amava de uma forma genuína que lhe dava coragem. Onde muitos teriam desistido, você ficou pra ajudar e acolher”.

(Foto: Reprodução)

A namorada do rapaz, Isabela Tibcherani, também prestou uma homenagem nos stories: “Festa no céu. Aqui, ainda dói pra nós, mas fazemos de tudo pra te orgulhar”, ela escreveu, em uma foto de Rafael criança. Na continuidade, ela pediu por justiça, já que o pai dela, responsável pelos disparos, continua foragido da Justiça. A Polícia divulgou imagens de possíveis disfarces utilizados pelo homem, mas, até o momento, não inseriu o nome dele no banco de dados de mandados de prisão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), ou na lista de procurados pela Justiça. Isabela pediu: “não deixem cair no esquecimento”.

Leia a publicação completa:

View this post on Instagram

dia 9 de julho sempre foi dia de festa em casa. é seu dia, Rafa, e a gente aproveitava o feriado pra comemorar a sua vida e a do pai, com churrasco (com o melhor churrasqueiro) e bolo (da mais mão cheia). por mais que eu queira, do fundo da minha alma, celebrar de alguma forma quem vocês foram, e esse dia que sempre foi especial e cheio de alegria pra gente, ainda dói demais. uma dor tão absurda que chega a ser física. mas mesmo assim, tento trazer um pouco de normalidade pros nossos dias. me permitindo levantar, sorrir, sonhar, e transformar aos poucos as nossas lembranças em memórias boas, porque era quem vocês todos eram. bons e justos. é nisso que tento me apegar. hoje dói porque faz 1 mês desde que nos falamos pela última vez, nosso bom dia diário com sessão de baba pela Mariá. faz um mês dos dias mais escuros que vivi, e que ainda parecem mentira. 1 mês não se compara há uma vida de saudades e superação que vamos viver. . Rafa, nosso canceriano mais canceriano de todos. você tinha um coração tão bom. era doce, respeitoso, sentimental. era meu amigo, com quem dividi toda a minha infância, toda a primeira metade da minha vida fomos nós 2. e o vazio de não ter com quem relembrar tanto que vivemos dentro da nossa casa, no nosso dia-a-dia, é gigante. nossa família era tudo pra você, e nunca deixou de demonstrar isso como sendo seus protegidos, sua prioridade. amava de uma forma genuína que lhe dava coragem. onde muitos teriam desistido, você ficou pra ajudar e acolher. você vivia me dizendo o quanto sentia orgulho de mim, pela maturidade que desenvolvi, pela independência que conquistei, sonhos que realizei, pelo que vinha construindo. mas deixa eu te dizer: orgulho eu sempre tive e tenho de você. de irmãozinho que causava na minha pra irmão parceiro e consciente. pra sempre em mim nossa infância de banho na bacia nas férias, brincar de lavar carrinhos, brincar de correr atrás do bob, fingir que o carrinho de supermercado do makro era um barco e as setas no chão tubarões, quando você caiu da beliche e estourou o joelho e me contou que tava sonhando que era goleiro, quando fiz você ir no show da banda Cine comigo e subir no palco, (continua /)

A post shared by Camilla Miguel (Camis) (@cahmiguel) on

Deixe seu comentário: