Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A deputada federal Joice Hasselmann diz que assessores de Bolsonaro e dos filhos do presidente atuam nas redes sociais com perfis falsos

Vendas do comércio brasileiro crescem em agosto

Essa foi a terceira alta mensal seguida, segundo o IBGE. (Foto: Divulgação)

As vendas do comércio varejista brasileiro cresceram 0,1% em agosto na comparação com o mês anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (10) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Essa foi a terceira alta mensal seguida.

Na comparação com agosto de 2018, a alta foi de 1,3%. Com isso, o acumulado do ano ficou em 1,2%. No acumulado em 12 meses, entretanto, houve desaceleração, com a taxa de avanço passando de 1,6% em julho para 1,4% em agosto, o que indica perda de ritmo nas vendas.

Segundo o IBGE, a alta em agosto foi garantida principalmente pelos super e hipermercados, cujas vendas cresceram 0,6% na passagem de julho para agosto – o quarto resultado positivo. Também houve alta nas vendas de artigos de uso pessoal e doméstico (0,2%). Juntos, os dois setores correspondem a mais de 60% do total do varejo.

Os indicadores econômicos mostram que a recuperação da economia segue em ritmo lento, mas a expectativa é de relativa melhora neste segundo semestre, em meio a um cenário de juros em queda, maior geração de postos de trabalho, ainda que puxada pela informalidade, e melhora da confiança após a aprovação final da reforma da Previdência.