Domingo, 05 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Cloudy

Economia 1,8 milhão de brasileiros estão aguardando a análise de benefícios do INSS

Compartilhe esta notícia:

O tempo médio de concessão de benefícios no País era de 69 dias em março

Foto: Divulgação
A medida determina que as antecipações serão pagas até o dia 31 de outubro. (Foto: Divulgação)

O último Boletim Estatístico da Previdência Social, divulgado nesta segunda-feira (1º), mostra que havia 1.802.309 requerimentos de benefícios previdenciários aguardando análise pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em março.

Desse total, 1.282.274 esperavam pela primeira avaliação dos seus requerimentos e 520.035 já haviam passado pela análise e necessitavam cumprir exigências do INSS para serem pagos.

Houve queda de 3,27% no número total de pedidos de benefícios em análise entre fevereiro e março e também caíram os pedidos em análise até 45 dias e acima desse período. A região Sudeste (747.709) concentrava em março o maior número de pedidos represados, seguida por Nordeste (486.361), Sul (293.956), Norte (145.995) e Centro-Oeste (128.288).

O tempo médio de concessão de benefícios no País era de 69 dias em março, ante 72 dias em fevereiro. Por lei, os pedidos devem ser analisados em um prazo de até 45 dias. Os Estados com maior tempo em março eram Tocantins, Piauí e Alagoas, com o recorde de 90 dias para concessão. No RS, o tempo médio ficou em 66 dias.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Prefeitura do Rio flexibiliza as medidas de isolamento social a partir desta terça
Shopping João Pessoa, em Porto Alegre, tem novo horário de funcionamento
Deixe seu comentário
Pode te interessar