Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Mostly Cloudy / Wind

Notícias A Polícia Civil gaúcha recuperou no Litoral de Santa Catarina dois veículos roubados na Região Metropolitana de Porto Alegre

Carro e caminhonete foram encontrados com criminosa em São José (SC). (Foto: Divulgação/Polícia Civil-RS)

Nessa quinta-feira, a Polícia Civil gaúcha prendeu em São José (Litoral de Santa Catarina) uma mulher envolvida em receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e uso de documento falso. A ação foi realizada por agentes da DRV (Delegacia de Repressão aos Crimes de Roubo e Furto de Veículos) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), em conjunto colegas do Estado vizinho.

Na ação, foram recuperados dois veículos: um carro Honda Civic de cor prata (ano 2014) e uma caminhonete Fiat Toro de cor branca (2019) que haviam sido roubados no mês passado em Canoas (Região Metropolitana de Porto Alegre) e Novo Hamburgo (Vale do Sinos). Ambos os automóveis já estavam clonados e adulterados, portando placas de veículos com características idênticas.

A captura foi possibilitada após meses de apuração. Durante esse período, os policiais civis mapearam uma rota utilizada por uma quadrilha estabelecida no Rio Grande do Sul para enviar ao Estado vizinho os carros que furtava e roubava na capital gaúcha e cidades próximas. O esquema segue sob investigação.

O diretor do Deic do Rio Grande do Sul, delegado Sander Cajal, destaca a importância da integração entre as Polícias Civis dos dois Estados no combate a esse tipo de crime: “A medida em que esses carros subtraídos, uma vez clonados e encaminhados ao estado vizinho, acabam sendo utilizados por facções criminosas para o cometimento de outros delitos graves, como homicídios, roubos a bancos ou de cargas, entre outros”.

Alvorada

Também nessa quinta-feira, um foragido por roubo de cargas foi preso pela Polícia Civil em Alvorada (Região Metropolitana de Porto Alegre). O crime foi cometido em janeiro quando dois homens armados com pistolas renderam as vítimas, que conduziam um caminhão carregado com equipamentos eletroeletrônicos. O comparsa já havia sido encontrado há uma semana.

Ambas as capturas contaram com a participação de agentes da DRFC (Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Cargas), vinculado ao Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

O Tribunal Regional Federal confirmou a condenação de um gaúcho que divulgava imagens de pornografia infantil
Rio Grande do Sul colheu 50% da área de milho e 2% da soja, afirma a Emater
Deixe seu comentário
Pode te interessar