Sábado, 28 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Fair

Notícias A prefeitura de Porto Alegre anunciou a formação de um grupo de trabalho contra o coronavírus

Ideia é divulgar um relatório diário para manter a população informada. (Foto: Cesar Lopes/PMPA)

O prefeito Nelson Marchezan Júnior anunciou nessa sexta-feira a formação de um grupo de trabalho municipal para criar estratégias de prevenção e combate ao coronavírus em Porto Alegre. A iniciativa inclui a criação de um plano integrado sobre o assunto, sob a coordenação da SMS (Secretaria Municipal de Saúde) e representantes das pastas da Educação, Fazenda, Planejamento e Gestão, Relações Institucionais e Segurança.

Com foco na atenção primária em saúde, a ideia é gerar um relatório diário e manter a população informada. Uma coletiva de imprensa está prevista para a semana que vem, quando serão dados detalhes do planejamento. Também participarão da “força-tarefa” a Fasc (Fundação de Assistência Social e Cidadania), EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Gabinete de Comunicação Social, PGM (Procuradoria-Geral do Município), Companhia Carris e Procempa.

Durante a manhã, Marchezan Júnior participou junto com o governador gaúcho Eduardo Leite e outras autoridades de uma visita técnica aos novos blocos B e C do HCPA (Hospital de Clínicas de Porto Alegre), que promete oferecer uma estrutura capaz de proporcionar atendimento especializado no tratamento emergencial de eventuais pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação por coronavírus.

“Estamos muito felizes com parcerias que nos permitiram avançar em atenção terciária e primária”, declarou o chefe do Executivo municipal. “Isso nos possibilitou apresentar resultados que nos orgulham muito. A expansão que a gente fez na atenção básica de Porto Alegre vai ser extremamente útil para enfrentar, nos próximos meses de inverno, esse cenário do novo coronavírus.” O grupo destacou a integração entre as administrações municipal, estadual e federal na área da saúde.

Ampliação no Clínicas

O bloco B do Hospital de Clínicas será destinado a pacientes que necessitem de cuidados urgentes ou intensivos. Terá área de emergência (térreo), bloco e salas cirúrgicas (4º andar) e CTI/UCC (6º andar), além de contar com um heliponto. Já o bloco C será o novo ambulatório. É onde ficarão também a nova recepção de serviços assistenciais e a gestão de ensino e pesquisa.

A obra aumenta a área do hospital em 70%, garantindo ampliação da capacidade e a transferência da mesma estrutura para ambientes com condições mais qualificadas e humanizadas de assistência e acolhimento ao paciente. Áreas de hemodiálise, hemodinâmica e endoscopia também terão acréscimo de salas, leitos e atendimento. Instituição pública e universitária, o HCPA tem mais de 6 mil funcionários, é integrante da rede de hospitais universitários do Ministério da Educação e vinculado academicamente à UFRGS.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre garante que está preparado para receber eventuais pacientes infectados pelo coronavírus
Caso Kiss: a Justiça gaúcha negou o pedido para que fosse suspenso o júri em Santa Maria
Deixe seu comentário
Pode te interessar