Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Mundo Alberto Fernández assume a presidência da Argentina nesta terça e reconduz o peronismo ao poder

Compartilhe esta notícia:

Alberto Fernández e a sua vice, Cristina Kirchner

Foto: Reprodução/Twitter
Nossa vizinha Argentina acabou de passar por eleição presidencial agora no fim de outubro, na qual o candidato de esquerda Alberto Fernández, apoiado pela ex-presidente Cristina Kirchner, venceu a disputa contra o atual presidente, Mauricio Macri. (Foto: Reprodução/Twitter)

O peronista Alberto Fernández assume a presidência da Argentina nesta terça-feira (10) com a promessa de “pôr o país de pé de novo”, após um longo período de recessão, de inflação alta e de aumento do desemprego e da pobreza.

Advogado de 60 anos, ele usa como credenciais para governar a sua experiência como chefe de gabinete no governo de Néstor Kirchner (2003-2007) e durante o início do primeiro mandato de Cristina Kirchner (2008), que é vice do esquerdista eleito.

Fernández recebe o cargo de Mauricio Macri, que estava no poder desde 2015 e foi derrotado nas eleições de outubro em primeiro turno.

A previsão é de que o presidente eleito chegue no fim desta manhã ao Congresso, em Buenos Aires, onde prestará juramento e receberá a faixa e o bastão presidenciais de Macri para, em seguida, desfilar pela famosa Avenida de Mayo até a Casa Rosada.

O governo brasileiro será representado na posse do argentino pelo vice-presidente Hamilton Mourão.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Incertezas marcam as eleições no Reino Unido na quinta-feira
Avião da Força Aérea do Chile cai com 38 pessoas a bordo
Deixe seu comentário
Pode te interessar