Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Brasil Alongar o corpo antes e depois de pular o carnaval faz a diferença

Compartilhe esta notícia:

Festa exige um esforço nem sempre percebido imediatamente pelo folião. (Foto: Reprodução)

Seja no carnaval de rua, nos bailes ou nos desfiles de escolas de samba, a folia de Momo dura bem mais do que três minutos. Esse mesmo tempo, entretanto, pode ser suficiente para deixar o corpo preparado para aguentar por mais tempo o pique ou evitar dores, antes ou depois de horas de uma festa que costuma exigir um esforço físico nem sempre percebido imediatamente pelo indivíduo.

Algumas dicas simples de alongamento, que podem ser feitas praticamente em qualquer lugar, ajudam a ter um período pós-folia com menos lembranças negativas e “arrependimentos” no corpo. Para começar, o folião deve se espreguiçar e esticar braços, pernas e costas e, em seguida, colocar a mão na cabeça e girar o pescoço de um lado para o outro, lentamente.

Já o passo seguinte (sem trocadilhos) consiste em separar as duas pernas, flexionando os joelhos, jogando em seguida o tronco para frente, esticando os braços para chegar o mais próximo do chão – isso sem mover os joelhos novamente. Depois, deve-se voltar à posição normal e respirar lentamente.

Outro exercício com bons resultados é levantar o braço ao lado da cabeça, dobrando-o e segurando o cotovelo com a mão do outro braço. O movimento precisa ser repetido, alternando-se os braços. Para finalizar, sugere-se entrelaçar os dedos das mãos com os braços nas costas e as palmas voltadas para o próprio corpo.

Movimentar o braço lentamente para cima, esticando-o sempre um pouco mais, é a última etapa. Pronto: está concluído o alongamento.

Articulações

De acordo com especialistas, o fortalecimento e o alongamento da musculatura são medidas essenciais também para a proteção das articulações, antes, durante ou depois do carnaval.

A atividade física é fundamental, já que ficar sem fazer exercício inibe a nutrição das cartilagens e, quando as articulações se movimentam pouco, os nutrientes chegam com dificuldade até as células e tecidos, deixando as estruturas mais frágeis e desgastadas.

Fortalecer a musculatura com exercícios de musculação, no entanto, exige cuidado – o melhor é ter sempre a ajuda de um profissional para evitar a sobrecarga de peso. Se os músculos da perna e glúteos, por exemplo, estão fortalecidos, o movimento das articulações fica no eixo perfeito, o que evita que o osso deslize para os lados, desgastando a cartilagem.

Para evitar esse desgaste, é importante também alongar os músculos – isso previne ainda o encurtamento da musculatura e, consequentemente, a pressão na cartilagem. Uma dica para alongar os músculos das pernas e coxas é, na posição em pé, dobrar o joelho para trás e segurar a perna com uma das mãos. Para alongar os músculos da panturrilha, é preciso deixar a perna esticada e dobrar o calcanhar.

Outra dica da especialista é alongar na hora de acordar, colocando o calcanhar na borda da cama com a outra perna alinhada e com a ponta do pé à frente. Depois, com o quadril alinhado, é preciso tentar tocar o pé que está na cama com a mão. O objetivo é sentir que o músculo de trás das pernas está sendo alongado, como lembrou a fisioterapeuta.
Com exercício físico e alongamento, fica mais fácil de seguir a outra dica importante para manter as articulações saudáveis, que é manter o peso.

Pessoas com o quadril largo, por exemplo, podem sobrecarregar os joelhos. Para evitar essa dor, existe um exercício que pode ser feito com uma bola na parede – depois de colocá-la na altura das costas, é preciso agachar sem deixar os joelhos ultrapassarem a linha dos pés.

Alguns hábitos no dia-a-dia também influenciam no surgimento de dores nas articulações, como a escolha do travesseiro. Muita gente costuma acordar com um incômodo no pescoço, por exemplo, e geralmente não associa isso à maneira de dormir. O ideal é que o travesseiro fique na largura do corpo, para não forçar a coluna.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Testes rápidos detectaram oito casos do vírus da aids em foliões no Carnaval de Salvador
Nicole Kidman se une a Meryl Streep em programa para capacitar roteiristas mulheres
Deixe seu comentário
Pode te interessar