Quinta-feira, 30 de junho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Mundo Após Finlândia, Suécia indica que pedirá ingresso na Otan, a Organização do Tratado do Atlântico Norte

Compartilhe esta notícia:

A expectativa do governo sueco é entregar a candidatura à Otan na semana que vem

Foto: Reprodução
(Foto: Reprodução)

Um dia depois de a Finlândia anunciar formalmente que pedirá a sua entrada na Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), a Suécia indicou nesta sexta-feira (13) que fará o mesmo.

O governo sueco entregou ao Parlamento um relatório no qual defende que o país passe a integrar a aliança militar ocidental e indica que deve apresentar a candidatura na semana que vem.

A ministra das Relações Exteriores sueca, Ann Linde, afirmou que o seu país está pronto para abandonar a neutralidade e que a entrada na Otan vai estabilizar conflitos no mar Báltico. “A adesão da Suécia à Otan aumentaria o limite para conflitos militares e, portanto, teria um efeito de prevenção de conflitos no Norte da Europa”, disse Linde.

Desde o ano passado, a Rússia tem aumentado a presença militar e exercícios de suas tropas no mar Báltico, para onde boa parte do território sueco e a costa Oeste da Finlândia têm saída.

A expectativa do governo sueco é entregar a candidatura à Otan na semana que vem. O ministro da Defesa da Suécia, Peter Hultqvist, disse nesta sexta-feira saber dos riscos para o seu país com a adesão à aliança militar, mas afirmou que suas tropas “estão preparadas” para qualquer retaliação de Moscou.

Há duas semanas, o Kremlin prometeu respostas “sem precedentes” caso Finlândia e Suécia se tornem membros da Otan, considerada pelo governo de Vladimir Putin um de seus principais inimigos atualmente.

“Caso a Suécia opte por entrar na Otan, há um risco de reação da Rússia. Mas tenho que frisar que estamos preparados para lidar com qualquer reposta deles”, declarou Hultqvist.

Com sede em Bruxelas, na Bélgica, a Otan constitui um sistema por meio do qual os seus Estados-membros concordam com a defesa mútua em resposta a ataques a qualquer país da Otan.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Depois de anunciar suspensão de acordo, Elon Musk diz que está comprometido com a compra do Twitter
Segunda etapa de operação de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes é realizada no RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar