Sábado, 24 de Outubro de 2020

Porto Alegre

Geral Após relatos de tiros e explosões, polícia isola resort nas Filipinas

Compartilhe esta notícia:

Fumaça é vista saindo do complexo Resorts World Manila nesta quinta-feira (1º). (Foto: AP)

A emissora CNN informa que tiros foram ouvidos perto do complexo Resorts World, em Manila, nas Filipinas. De acordo com relatos de funcionários do complexo ouvidos pela emissora, um homem mascarado abriu fogo contra os hóspedes no segundo andar de um dos hóteis do Resorts World. Há também relatos de explosões dentro do local.

Imagem postada por usuário do Facebook mostra atendimento a pessoa ferida no Resorts World, nas Filipinas. (Foto: Reprodução/Facebook)

Um porta-voz militar afirmou que a polícia tem o controle do incidente. Segundo Restituto Padilla, o Exército está monitorando a situação e um comunicado será emitido quando houver mais detalhes.

Um representante da Cruz Vermelha das Filipinas confirmou que há pelo menos 25 feridos pelo tiroteio, de acordo com o jornal “Manila Times”. Algumas das vítimas, segundo o relato, tiveram ferimentos graves porque pularam do segundo pavimento de um dos hotéis do complexo.

Policiais, bombeiros e atiradores de elite foram enviados para a cena. O Resorts World é um complexo que reúne hotéis, restaurantes, cassinos e lojas e está situado nas imediações do Aeroporto Internacional Ninoy Aquino, que atende a capital do país, Manila.

Em suas redes sociais, o hotel confirmou o incidente, e disse que a área está interditada. “Estamos trabalhando de perto com a Polícia Nacional das Filipinas para assegurar que nossos hóspedes e funcionários estejam em segurança. Pedimos suas orações durante esse momento difícil”.

Rita Katz, diretora do Site Intel Group, grupo de monitoramento de grupos terroristas, afirma que um militante filipino do Estado Islâmico disse que “lobos solitários” seriam responsáveis por um ataque no local. Não houve ainda, no entanto, um comunicado pelos meios tradicionais do EI, como sua agência Amaq.

De acordo com a agência Reuters, os empregados foram retirados do complexo e a polícia tem “total controle da situação”. A fonte da agência, que não foi identificada, não quis fornecer mais detalhes sobre o caso. Em pronunciamento na Casa Branca, em Washington, o presidente americano Donald Trump disse que os EUA estão monitorando o incidente em Manila. “É realmente muito triste o que está acontecendo pelo mundo em relação ao terror. Nossos pensamentos e orações estão com todos aqueles afetados”, afirmou. (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Um micro-ondas é acusado de ser instrumento de espionagem ao governo norte-americano
Morre ex-prefeito de Porto Alegre Sereno Chaise, aos 89 anos
Deixe seu comentário
Pode te interessar