Segunda-feira, 01 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Cinema Bolsonaro diz que documentário brasileiro indicado ao Oscar é obra de ficção

Compartilhe esta notícia:

Presidente disse que não iria perder tempo assistindo ao filme

Foto: Alan Santos/PR
Presidente disse que não iria perder tempo assistindo ao filme (Foto: Alan Santos/PR)

O presidente Jair Bolsonaro classificou nesta terça-feira (14) o documentário “Democracia em vertigem como ficção e disse que a obra é boa “para quem gosta do que urubu come”.

O documentário brasileiro foi indicado ao Oscar 2020 nesta segunda-feira (13) na categoria melhor documentário. O filme é dirigido pela cineasta Petra Costa e retrata a crise política e o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada nesta terça-feira, Bolsonaro foi perguntado se tinha algum comentário sobre a indicação do filme ao prêmio mais famoso da indústria cinematográfica.

“Ficção. Para quem gosta de, para quem gosta do que urubu come, é um bom filme”, respondeu Bolsonaro. Questionado se tinha assistido o documentário, o presidente respondeu: “Eu vou perder tempo com uma porcaria dessa?”. O filme de Petra Costa foi lançado em julho.

Petra Costa, de 36 anos, é mineira e assinou os documentários “Elena” (2012) e “Olmo e a gaivota” (2014), premiados respectivamente nos festivais de Brasília e do Rio. Esta é sua primeira indicação ao Oscar.

Nas redes sociais, a cineasta celebrou a indicação do documentário ao Oscar 2020. “Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes.”

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cinema

Bolsonaro chama de fake news livro que fala em demissão do ministro Sérgio Moro cogitada em 2019
Definida empresa que irá concluir corredor da João Pessoa
Deixe seu comentário
Pode te interessar