Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Brasil Brasil perde dólares pelo terceiro mês e vê saída de 3,9 bilhões de dólares em julho

Saída de recursos registrada favorece, em tese, a alta do dólar. Com menos moeda norte-americana no mercado, seu preço tende, teoricamente, a ficar maior. (Foto: Reprodução)

A saída de dólares superou o ingresso de recursos no Brasil em 3,93 bilhões de dólares em julho, informou o BC (Banco Central) nessa quarta-feira. Foi o terceiro mês de retirada consecutiva de divisas da economia brasileira. Em maio, 2,07 bilhões de dólares deixaram o Brasil e, em junho, outros 4,69 bilhões de dólares saíram
da economia.

Na parcial dos sete primeiros meses deste ano, informou o BC, porém, ainda houve mais ingresso do que saída de valores, no valor de 7,16 bilhões de dólares. Em igual período do ano passado, 2,35 bilhões de dólares haviam ingressado no País.
Impacto no dólar
A saída de recursos registrada favorece, em tese, a alta do dólar. Com menos moeda norte-americana no mercado, seu preço tende, teoricamente, a ficar maior. No mês passado, o dólar subiu fortemente. No fim de junho, a divisa estava cotada a 3,10 reais, avançando para 3,42 reais no fim de julho.
Além do fluxo de recursos, outros fatores também influenciam a cotação do dólar no Brasil. Entre elas, estão o comportamento da economia norte-americana, as sinalizações sobre a política monetária nos Estados Unidos, os indicadores da economia brasileira – que registraram desempenho ruim em 2014 – além de declarações de integrantes da equipe econômica e da oferta de contratos de swap cambial (que funcionam como venda de dólares no mercado futuro) pelo BC brasileiro, entre outros.  (AG)

tags: CAD1dólar

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Japão relembra os 70 anos da bomba atômica hoje
Caso de menino algemado em escola provoca briga judicial nos EUA
Deixe seu comentário
Pode te interessar