Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Light Drizzle

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Variedades Cauã Reymond relata sufoco em dia de surfe nas Maldivas: “não sei o que teria acontecido”

Compartilhe esta notícia:

Forte correnteza e ventania súbita, que quase virou barco, levou surfistas para dentro do oceano. (Foto: Reprodução/Instagram)

Cauã Reymond viveu momentos de sufoco nas Ilhas Maldivas, onde ele atualmente passa férias ao lado de amigos brasileiros e da namorada, a modelo e apresentadora Mariana Goldbarb.

No último domingo (17), o ator fez um passeio de barco para surfar, ao lado de amigos, próximo a uma das ilhotas do arquipélago asiático. A forte correnteza no mar e uma ventania súbita arrastaram os surfistas para dentro do oceano e quase viraram a embarcação que os servia de apoio.

“Depois que passou a adrenalina do momento e a gente chegou de volta ao hotel, eu percebi que a gente passou por uma situação muito delicada, e se não fosse a Anne, a nossa guia, eu não sei o que teria acontecido com a gente”, relatou Cauã, em vídeo publicado nos stories do Instagram.

Um dos amigos do ator, inclusive, cravou o pé em ouriços ao tentar se agarrar num dos recifes em alto mar. Cauã precisou fazer o mesmo para se proteger, mas não se feriu. “Ele (o amigo de Cauã) está tendo que tomar antibiótico. Eles passaram uma aventura. Quase morreram. Meu mozão também”, contou Mariana Goldfarb.

Cauã relembrou os instantes de pânico: “A gente entrou no mar com muita correnteza, com muito vento. Um mar de dois metros e meio. A gente estava tentando surfar em frente a uma ilha. O grupo todo acabou se dispersando por conta da correnteza”.

“Ela (Anne, a guia brasileira que vive na Austrália desde os 8 anos) entrou no mar, conseguiu juntar a maior parte do grupo. E depois de uma breve conversa a gente decidiu que era melhor ir em direção à bancada de coral vivo porque a correnteza estava levando a gente para dentro do oceano. O barco que nos levou quase virou…”, relembrou o ator.

Cauã frisou que não sabe o que teria acontecido se não fosse a Anne, “que depois de levar todo mundo para a ilha ainda voltou para o mar para salvar mais dois surfistas”. “E essa é a palavra mesmo. Anne teve uma voz de comando muito corajosa. E eu agradeço de todo coração”, afirmou o ator.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Jogador Philippe Coutinho compra carro de 2 milhões de reais usado por James Bond no novo “007”
Ruiva, Christina Aguilera anuncia single em espanhol e agita a internet
Deixe seu comentário
Pode te interessar