Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Notícias Citado pelo senador Delcídio do Amaral, ministro da Justiça diz não se lembrar de conversa sobre Cerveró

O ministro Cardozo (foto) disse nessa quarta-feira que não se lembra de ter conversado com o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) sobre o pedido de liberdade de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, preso na Lava-Jato. (Givaldo Barbosa/AG)

O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) disse nessa quarta-feira que não se lembra de ter conversado com o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) sobre o pedido de liberdade de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, preso na Operação Lava-Jato. “Eu converso diariamente sobre questões jurídicas que me são perguntadas por parlamentares. É comum que me perguntem. Mas não me lembro de nenhuma conversa específica sobre esse assunto com Delcídio”, afirmou Cardozo.

Em áudio gravado pelo filho de Cerveró e entregue à PGR (Procuradoria-Geral da República), Delcídio diz que “conversou com Zé Eduardo” e “muito possivelmente o Marcelo da Turma vai sair”.

Segundo os áudios, Delcídio estava discutindo um possível habeas corpus para Cerveró que deveria ser julgado no STJ (Superior Tribunal de Justiça). O “Marcelo”, a quem Delcídio se refere, seria o ministro Ribeiro Dantas, que era o relator da Lava-Jato no STJ e julgaria o pedido.

Segundo Cardozo, o governo “foi surpreendido pelos fatos” e espera que a Justiça “siga seu curso normal”. “As investigações devem seguir com autonomia. Entendemos que os fatos não atingem a trajetória do governo”, disse. (Folhapress)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Presidente da mineradora do desastre ambiental diz que é cedo para saber causas de acidente
Oposição usará prisão do senador Delcídio do Amaral como argumento contra o presidente da Câmara dos Deputados
Deixe seu comentário
Pode te interessar