Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fog

Mundo Coletiva de imprensa de Trump é interrompida por tiros do lado de fora da Casa Branca

Compartilhe esta notícia:

Trump estava em uma coletiva quando foi interrompido.

Foto: Reprodução
Trump estava em uma coletiva quando foi interrompido. (Foto: Reprodução)

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi retirado da sala de imprensa da Casa Branca às pressas por um agente do Serviço Secreto americano, logo depois de iniciar uma entrevista coletiva agendada para a tarde desta segunda-feira (10). Em torno de dez minutos depois, Trump voltou à sala e avisou que houve um tiroteio do lado de fora da Casa Branca que já estava “sob controle”.

Trump disse não ter detalhes sobre o ocorrido. Segundo ele, um suspeito foi alvejado pelas forças de segurança que protegem a residência presidencial americana. “O mundo sempre foi um lugar perigoso. Você olha para os séculos passados, o mundo sempre foi perigoso”, disse Trump.

Trump falava com jornalistas sobre coronavírus quando um agente entrou na sala e falou ao seu ouvido. Em seguida, ele se retirou e a sala foi trancada, para segurança dos jornalistas, que não foram imediatamente informados do motivo.

Após alguns instantes, Trump retornou à sala e informou o que tinha acontecido.

Ele disse a repórteres que foi levado ao Salão Oval, do lado de fora da sala de entrevistas, após ser escoltado, negando que tenha sido levado a um bunker.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

As vendas para China preveniram um choque nas exportações brasileiras, diz o ministro da Economia
Covid-19: Brasil tem 3,05 milhões de casos e 101,7 mil mortes
Deixe seu comentário
Pode te interessar