Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Porto Alegre Com 40.810 casos confirmados de coronavírus, Porto Alegre busca garantir vacina contra a doença

Compartilhe esta notícia:

Na Capital, há vacinas em fase de testes no Hospital São Lucas da PUC e no Hospital de Clínicas.

Foto: Divulgação/PMPA
Na Capital, há vacinas em fase de testes no Hospital São Lucas da PUC e no Hospital de Clínicas. (Foto: Divulgação/PMPA)

Diante dos resultados de testagem de vacinas para o coronavírus, a Prefeitura de Porto Alegre afirma que intensificou a busca para que o município conte com a imunização assim que estiver disponível. Ao todo, a Capital tem 40.810 casos confirmados de coronavírus.

Na manhã desta terça-feira (20), o secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, esteve na sede do Instituto Butantan, em São Paulo, para reunião com o secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, e diretores da instituição. Durante o encontro, foi apresentado o projeto para a reforma do prédio que deve abrigar a produção do imunizante Sinovac.

O cronograma prevê a produção da vacina em solo brasileiro no primeiro semestre de 2021. Conforme o acordo entre o Instituto Butantan e a farmacêutica Sinovac Life Science, do grupo Sinovac Biotech, será produzida e testada a CoronaVac, já em fase final de ensaios clínicos, inclusive com testes sendo realizados em Porto Alegre, no Hospital São Lucas da PUC. O Instituto Butantan é um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo. Atua no desenvolvimento e produção de imunobiológicos que são fornecidos ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Na tarde desta terça, Stürmer viajou a Brasília, onde reuniu-se com o secretário nacional de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, para atualização do cenário do desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19 no país. A intenção é ampliar as possibilidades de garantia rápida da imunização para a Capital.

Em testes

Atualmente, são quatro vacinas sendo testadas no país. Em Porto Alegre, além da CoronaVac, também está em fase de testes, no Hospital de Clínicas, a vacina desenvolvida na FioCruz em parceria com a Universidade de Oxford e a empresa biofarmacêutica AztraZeneca.

Durante a agenda em Brasília, o Ministério da Saúde assinou protocolo de intenções para adquirir 46 milhões de doses da Vacina Butantan – Sinovac/Covid-19, em desenvolvimento pelo Instituto Butantan. Foi um passo importante na estratégia de ampla oferta de vacinação aos brasileiros. Somadas, as vacinas AstraZeneca, Covax e Butantan-Sinovac representam 186 milhões de doses a serem disponibilizadas ainda no primeiro semestre de 2021.

As doses serão distribuídas a todo o Brasil por meio do PNI (Programa Nacional de Imunizações). Além delas, a partir de abril, a Fiocruz deve começar a produção própria da AstraZeneca e disponibilizar ao país até 165 milhões de doses durante o segundo semestre de 2021.

Como a Butantan-Sinovac e a AstraZeneca estão em etapas avançadas de produção – ambas em fase 3, com testagem em milhares pessoas –, a previsão é de que a vacinação comece em janeiro de 2021. Para isso, no entanto, é importante ressaltar que elas devem ser liberadas pela Anvisa e ter eficácia e segurança garantidas – conforme preconiza o Ministério da Saúde. Primeiramente, profissionais de saúde e grupos de risco receberão as vacinas.

Números da Capital

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) registrou o total de casos 40.810 confirmados de pacientes com coronavírus (Covid-19) em Porto Alegre até esta terça-feira, 20. Entre estes, 35.820 pessoas se recuperaram da doença e 1.197 morreram. Também foram registrados 112.914 casos negativos e outros 7.985 estão em análise.

Os serviços de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estavam até a noite desta terça com 251 casos confirmados de Covid-19 adultos e um caso de pediatria. Há também 38 casos suspeitos de adultos e seis em pediatria.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Senado aprova indicações para sete agências reguladoras
Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 32 milhões
Deixe seu comentário
Pode te interessar