Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Cloudy

Porto Alegre Com conexão gratuita à internet, o primeiro relógio digital de rua de Porto Alegre entra em operação

Compartilhe esta notícia:

O equipamento, instalado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, junto à Orla do Guaíba, foi acionado por Marchezan

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA
O equipamento, instalado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, junto à Orla do Guaíba, foi acionado por Marchezan. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

O primeiro relógio digital de rua com o sistema mais moderno do País, segundo a prefeitura de Porto Alegre, entrou em operação na manhã desta quinta-feira (13) na Capital.

O equipamento, instalado na avenida Edvaldo Pereira Paiva, na rótula de entrada para a avenida Loureiro da Silva, junto à orla do Guaíba, foi acionado pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior.

Além da marcação de hora e temperatura, os 168 relógios que serão colocados na cidade tem conectividade gratuita por meio de wi-fi, medidores de radiação e painel de mensagens. Também possuem câmeras de alta definição e tecnologia capazes de fazer o reconhecimento das placas de veículos para complementar o cercamento eletrônico de Porto Alegre.

A instalação dos novos relógios é um investimento 100% privado, sem qualquer custo aos cofres públicos, e faz parte do primeiro acordo de concessão de mobiliário urbano concluído pela prefeitura.

“Além da forma de contrato transparente, o diferencial dos relógios é a possibilidade de comunicação com a população e repasse de informações. Os relógios também fazem parte da nossa visão de organização e trabalho conjunto com a área de segurança pública. É um projeto amplo para transformar Porto Alegre em uma cidade mais segura e conectada, com serviços agregados e mais eficientes”, declarou Marchezan.

Ele ressaltou que a concessão dos relógios, assim como a de placas de rua, entrega um serviço de qualidade e com mais agilidade para o cidadão. Além disso, possibilita o ingresso de receitas destinadas à realização de novos investimentos que contribuem para melhorias para a cidade.

“Iniciamos neste ano as placas, agora os relógios e em setembro lançaremos o edital das paradas de ônibus”, completou. A cidade não contava com relógios de rua desde julho de 2015.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen, o cronograma de instalação dos relógios segue o estabelecido no contrato e, até setembro, 15 equipamentos serão instalados em pontos de grande visibilidade. Depois, serão, no mínimo, cinco relógios por mês.

“A conclusão total dos 168 relógios será realizada em até 24 meses após a ordem de início, ou seja, até janeiro de 2022. Os critérios adotados a partir de um estudo realizado pela concessionária para criação dos relógios obedecem às regras nacionais de acessibilidade, permitindo a facilidade de circulação em seu entorno. Os relógios serão instalados em diversos pontos da cidade que possuem licenciamento ambiental”, explicou.

A Clear Channel foi a vencedora da licitação para a instalação dos relógios e será a concessionária responsável pelos serviços nos próximos 20 anos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Ministro interino da Saúde diz que dados sobre a vacina russa contra o coronavírus são “incipientes”
Década de 2010 a 2019 foi a mais quente da história
Deixe seu comentário
Pode te interessar