Terça-feira, 18 de Maio de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Mostly Cloudy

Esporte Confederação Sul-Americana de Futebol receberá 50 mil doses da CoronaVac para vacinar jogadores

Compartilhe esta notícia:

A imunização terá como foco os jogadores dos principais times da América do Sul, além de profissionais envolvidos em torneios

Foto: Reprodução
A imunização terá como foco os jogadores dos principais times da América do Sul, além de profissionais envolvidos em torneios. (Foto: Reprodução)

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) anunciou oficialmente que o laboratório chinês Sinovac doará à entidade 50 mil doses da CoronaVac para vacinar jogadores.

Segundo o comunicado, a imunização terá como foco os jogadores dos principais times da América do Sul, além de profissionais (árbitros e comissão técnica, por exemplo) envolvidos em torneios masculinos e femininos organizados pela confederação (Libertadores, Sul-Americana etc.). Nesse caso, a prioridade seria a Copa América, que começará em junho.

“Esse é um grande passo para derrotar a pandemia, mas de forma alguma significa que estamos baixando a guarda. Vamos manter o nosso trabalho responsável, que nos permitiu concluir os nossos torneios com tranquilidade e sem alterar os formatos”, disse o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez.

No comunicado, a Conmebol também fez um agradecimento especial ao presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, e ao embaixador do Uruguai na China, Fernando Lugris, responsáveis pela parceria com a Sinovac. “Os detalhes logísticos e operacionais do processo de vacinação serão devidamente informados pela Conmebol, em coordenação com as Associações Membros”, diz outro trecho da nota.

A Copa América será realizada de 13 de junho a 10 de julho na Argentina e na Colômbia. O Brasil estreará contra a Venezuela.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Campeã mundial de basquete pela seleção brasileira, Ruth de Souza morre, aos 52 anos, vítima do coronavírus
CPI da Pandemia não pode investigar governadores e prefeitos, diz Secretaria-Geral da Mesa do Senado
Deixe seu comentário
Pode te interessar