Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Mundo Congresso suspende imunidade do presidente da Guatemala

Guatemaltecos celebram após o Congresso aprovar a retirada da imunidade do presidente. (Foto: Johan Ordonez/AFP)

O presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina, perdeu sua imunidade e será investigado por suposto envolvimento em uma quadrilha que atuava na alfândega, decidiu nessa terça-feira o Congresso Nacional.

“Está declarada” a perda da imunidade do presidente, anunciou o deputado opositor Carlos Herrera, secretário da mesa diretora do Parlamento guatemalteco, após o aval unânime dos 132 deputados presentes na sessão plenária.

Com a decisão do Congresso, Pérez se converte no primeiro presidente da história da Guatemala a perder a imunidade, o que o deixa exposto à investigação envolvendo a quadrilha que atuava na alfândega.

Após a votação, dezenas de manifestantes diante da sede do Parlamento celebraram, enquanto motoristas faziam um buzinaço.

Pérez é acusado de liderar uma quadrilha que fraudava impostos na alfândega conhecida por “La Línea”, cuja existência foi revelada em abril passado pela Promotoria e a Cicig (Comissão Internacional contra a Impunidade na Guatemala).

A vice-presidente Roxana Baldetti, que renunciou em maio passado, já está presa por seu envolvimento no escândalo. (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Marissa Mayer, presidente do Yahoo!, anuncia que está grávida de gêmeas
Incêndio em edifício em Copacabana deixa um morto no Rio
Deixe seu comentário
Pode te interessar