Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

Esporte Daniel Alves quer voltar ao Barcelona

Compartilhe esta notícia:

O lateral-direito brasileiro tem 36 anos de idade. (Foto: Reprodução)

Após Daniel Alves anunciar o adeus ao PSG (Paris Saint-Germain) nas redes sociais, a imprensa espanhola já cogita o próximo clube do brasileiro. De acordo com o  jornal Sport, o lateral-direito, de 36 anos,  quer voltar ao Barcelona.

O brasileiro atuou no clube catalão da temporada 2008/2009 até 2015/16. De lá, foi para a Juventus, da Itália, de onde se transferiu para o clube francês, na temporada 2017/2018.

Ainda de acordo com o Sport, Neymar, que também está na mira do Barcelona, quer pedir perdão por ter deixado o clube. Já segundo o programa francês Téléfoot, do canal TF1, o Barça fez contato com o PSG para ver se o clube parisiense aceitaria vender o camisa 10. No entanto, até o momento, o presidente Nasser Al-khelaifi não quer vender a sua estrela brasileira.

Segundo as informações da emissora, o Barcelona entrou em contato com o PSG há algum tempo. O time catalão queria conhecer as intenções do clube parisiense sobre Neymar. O PSG, rapidamente, fechou a porta para uma partida do atacante. Nas mentes dos tomadores de decisão do clube francês, Neymar ainda é declarado intransferível.

Condições

O atacante Neymar negocia a sua volta ao Barcelona, conforme a imprensa espanhola. Porém, para o negócio ser concretizado, o clube catalão impôs três condições ao jogador. A primeira é a redução do salário de 130 milhões de reais (30 milhões de euros), que ele recebe anualmente do Paris Saint-Germain.

A segunda é que o brasileiro retire o processo por um bônus de renovação não pago no valor de 26 milhões de euros (112 milhões de reais). Já a terceira é que Neymar admita publicamente o desejo de voltar e que errou ao deixar o clube em 2017. Pessoas próximas ao craque afirmam que ele está disposto a aceitar os termos para voltar ao time espanhol.

No entanto, existem outros entraves na negociação que não passam pelo crivo de Neymar. As diretorias do Paris Saint-Germain e do Barcelona não se bicam. O clube catalão teria assediado Thiago Silva, Marquinhos, Verratti e Di María ainda sob contrato. A “vingança” do PSG foi a contratação de Neymar. Por isso, o PSG deve pedir alto. Segundo o jornal Le Parisien, o clube quer 300 milhões de euros (1,3 bilhão de reais). O brasileiro foi contratado por 222 milhões de euros (819 milhões de reais).

O presidente Josep Maria Bartomeu gostaria de envolver alguns jogadores como Umtiti, Dembélé e Rakitic, que valeriam cerca de 1 bilhão de reais, mais uma quantia de aproximadamente 450 milhões de reais. O nome de Philippe Coutinho é o “ás” que o clube catalão tem na manga. O meia interessa ao clube francês desde a chegada de Neymar e está em baixa no Barcelona.

O outro empecilho é o acordo extraoficial com o atacante Antoine Griezmann. O clube espera até 1º de julho para comprá-lo, quando sua multa rescisória cairá de 200 milhões de euros (867 milhões de reais) para 120 milhões de euros (520 milhões de reais).

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Matheus Henrique afirma não pensar na Europa e diz que o Grêmio tem “condições de brigar pelas competições até o final do ano”
Com David Braz, o Grêmio se reapresentou e deu início aos treinamentos em Viamão
Deixe seu comentário
Pode te interessar