Sábado, 08 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Fair

Brasil Decotelli atualiza currículo e diz que foi ministro, mas nunca tomou posse

Compartilhe esta notícia:

Carlos Alberto Decoteli atualizou seu currículo na plataforma do CNPq.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Carlos Alberto Decoteli atualizou seu currículo na plataforma do CNPq. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Carlos Alberto Decoteli atualizou seu currículo na plataforma do Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnologia (CNPq) para incluir o cargo de ministro da Educação que diz ter exercido entre 25 e 30 de junho. No entanto, foi justamente por causa de inconsistências no currículo que o professor não tomou posse à frente do MEC.

A nomeação de Decotelli chegou a ser publicada no Diário Oficial, logo após ele ser indicado pelo presidente Bolsonaro (sem partido). Mas a posse, marcada para a última terça-feira (30), foi adiada porque instituições de ensino negaram títulos acadêmicos que o professor havia incluído no próprio currículo.

Universidades da Argentina e da Alemanha desmentiram as informações de que ele teria concluído um doutorado e um pós-doutorado nas respectivas instituições. Também vieram à tona acusações de plágio na dissertação de mestrado apresentada pelo ex-ministro à FGV (Fundação Getulio Vargas).

As revelações trouxeram desgaste para Decotelli e tornaram insustentável sua permanência no governo. Ele acabou pedindo demissão antes de assumir o Ministério formalmente.

Em entrevista, Carlos Decotelli afirmou que o racismo influenciou em seu processo de desgaste. “Há muitos brancos com imperfeições em currículo trabalhando sem incomodar ninguém”, disse.

Na sexta-feira (3), Bolsonaro escolheu o secretário de Educação do Paraná e ex-executivo Renato Feder para ser o novo ministro da Educação.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Bottas vence a disputa interna da Mercedes com Lewis Hamilton e garante a pole no GP da Áustria neste domingo
Devido ao coronavírus, crise no setor de beleza força salões a se reinventarem
Deixe seu comentário
Pode te interessar