Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Porto Alegre Destaques na Olimpíada de Matemática são homenageados em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

A cerimônia de premiação dos 59 alunos que obtiveram as melhores notas aconteceu na Smed.

Foto: Raphaela Auad/SMED PMPA
A cerimônia de premiação dos 59 alunos que obtiveram as melhores notas aconteceu na Smed. (Foto: Raphaela Auad/SMED PMPA)

A cerimônia de premiação dos 59 alunos que obtiveram as melhores notas na 15ª Obmep (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) ocorreu na tarde desta terça-feira (10), no auditório da Smed (Secretaria Municipal de Educação). A emoção dos pequenos ao serem chamados ao palco para receber prêmios e posar para fotos foi a marca do evento.

O estudante Lucas Machado Steimetz, da Emef (Escola Municipal do Ensino Fundamental) Chapéu do Sol, no bairro Campo Novo, estava contente enquanto tirava fotos com a medalha de ouro que exibia orgulhoso no peito. “Foi mais ou menos tranquilo, mas fiquei um pouco nervoso na hora. Matemática é a matéria que eu mais gosto. Eu estudo bastante e sempre participarei quando tiver outras competições, não posso desistir”, contou.

Na edição deste ano, participaram alunos de cinco escolas municipais do Ensino Fundamental – Chapéu do Sol, Décio Martins Costa, Dolores Alcaraz Caldas, José Loureiro da Silva e São Pedro. Foram 556 estudantes inscritos.
Também foram premiados os alunos das cinco escolas participantes de 2018 – América, Dolores Alcaraz Caldas, Moradas da Hípica, Jean Piaget e Vereador Antônio Giudice. Um total de 350 alunos participou da disputa do ano passado. Foram entregues para os destaques 23 medalhas – ouro (4), prata (9) e bronze (10), além de 36 menções honrosas.

“É muito positivo que agora a Olimpíada seja estendida a alunos menores; as crianças se sentem desafiadas pela matemática e pelas ciências. A gente vê a alegria dessas crianças que gostam de resolver problemas. Estamos muito felizes com o resultado e com o aumento de participação do ano passado para cá”, avalia o secretário municipal de Educação, Adriano Naves de Brito. “E nós queremos fazer mais. Estamos provocando os professores do Impa (Instituto de Matemática Pura e Aplicada) e da Ufrgs (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) para trabalharem com os nossos professores e melhorarem a formação dos profissionais, para que tenhamos mais trabalhos na área e melhores resultados”, acrescenta.

Como funciona a Obmep

A prova de 15 questões objetivas tem duração de uma hora e 30 minutos e segue os parâmetros curriculares nacionais para alunos do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental. O Impa responde pela parte acadêmica, enquanto as secretarias de Educação se encarregam da logística de aplicação dos testes, correção das provas e premiações na Obmep Nível A.

A iniciativa busca contribuir para melhorar a qualidade da educação básica, difundir a cultura matemática, identificar jovens talentos, incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas e promover a inclusão social por meio da ampliação do conhecimento.

A Obmep Nível A é uma realização do Impa, com apoio da SBM (Sociedade Brasileira de Matemática), do MCTIC (Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações) e do MEC (Ministério da Educação).

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Estado entrega reforma do prédio do Instituto Penal de Uruguaiana
Brigada Militar faz apreensão recorde de armas em São Gabriel
Deixe seu comentário
Pode te interessar