Domingo, 29 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Fair

Polícia Dezessete brasileiros e paraguaios são presos em fábrica clandestina de cigarros no interior do RS

A fábrica foi encontrada no município de São Sepé

Foto: Polícia Civil/Divulgação
A fábrica foi encontrada no município de São Sepé. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil, o Ministério Público Estadual e a Polícia Rodoviária Federal desarticularam nesta quinta-feira (19) um esquema milionário de falsificação de cigarros no município de São Sepé, na Região Central do Rio Grande do Sul. Dezessete pessoas foram presas, entre elas seis brasileiros e 11 paraguaios.

Uma fábrica clandestina de cigarros foi localizada em uma propriedade rural situada às margens da BR-392, no município. Segundo as investigações, que duraram quatro meses, o local estava em funcionamento há cerca de um ano.

Um caderno com a contabilidade da fábrica apreendido durante a ação indica que a produção diária era de mais de 220 caixas de cigarros. Máquinas, insumos para a fabricação de cigarros e caminhões foram recolhidos pelos agentes.

“Se considerado o valor estipulado pela Receita Federal, incluindo os impostos no cálculo dos produtos ilegais, cada carteira de cigarro equivale a R$ 5, totalizando o valor de R$ 550 mil por dia de faturamento da fábrica clandestina”, afirmou a Polícia Civil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Polícia Federal afirma que Aécio Neves recebeu R$ 65 milhões em propina e caixa dois
Prazos de apresentação de defesa e recursos de multas de trânsito são prorrogados em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar