Domingo, 12 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Light Rain

Capa – Caderno 1 Dia da Consciência Negra tem marcha, debates e música em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Data comemorada em 20 de novembro faz parte da Semana da Consciência Negra. (Foto: Nilo Feijó/SMDSE/PMPA)

Em 20 de novembro, é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra. Para marcar a data e encerrar a programação da 29ª Semana da Consciência Negra em Porto Alegre, nesta quarta-feira será realizada  mais uma edição da Marcha Zumbi dos Palmares, com saída às 18h30min do Largo Glênio Peres em direção à avenida Borges de Medeiros e à rua José do Patrocínio, até o Largo Zumbi dos Palmares, na Cidade Baixa. A caminhada será acompanhada por ritmistas de escolas de samba.

A programação começa às 14h, em uma roda de conversa sobre mercado de trabalho, no Largo Zumbi dos Palmares, com a participação da equipe do Sine Municipal. No local, também há Feira de Afroempreendedores, atividades esportivas e de lazer para crianças, debates e painéis sobre juventude negra e ancestralidade e o projeto Livro Andarilho. Após a chegada da marcha, serão realizados um show de Preta Guedes e baile do Projeto Expresso Black.

Para o coordenador da Unidade de Direitos da Promoção da Igualdade Racial da Smdes (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte), Rodimar Silva da Silva, o 20 de novembro é marcante pela história e pelo presente. “É um dia de reflexão para uma análise do que ainda é preciso evoluir nas conquistas dos direitos do povo negro e um marco da luta pela igualdade racial”, enfatiza.

Consciência Negra e Zumbi

O Dia Nacional da Consciência Negra foi instituído no Brasil pela lei 12.519, de 10 de novembro de 2011. Está incluído na Semana da Consciência Negra e tem como objetivo um reflexão sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira. A data foi escolhida como homenagem a Zumbi dos Palmares, que morreu em 20 de novembro de 1695, lutando pela liberdade do seu povo. Líder do Quilombo dos Palmares, Zumbi foi um personagem que dedicou a vida ao combate à escravidão no período do Brasil colonial.

Os quilombos eram regiões que tinham a função de lutar contra as doutrinas escravistas e conservar elementos da cultura africana no Brasil. No Palmares, viviam mais de 30 mil escravos foragidos dos engenhos de açúcar de Pernambuco.

Programação

Quarta-feira, 20 de novembro – Largo Zumbi dos Palmares

14h

Sine Municipal em roda de conversa sobre mercado de trabalho e agendamento para emissão de carteiras de trabalho

Feira de Afroempreendedores

Ônibus Brincalhão – atividades esportivas para crianças

Painel Fortalecendo a Luta contra o Extermínio da Juventude Negra

Integrando Saberes – Histórias da ancestralidade negra

15h

Projeto Livro Andarilho

20h

Chegada da Marcha Zumbi dos Palmares

Show de Preta Guedes e Baile do Projeto Expresso Black

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Casal é preso por morte de menino de 3 anos na Zona Norte de Porto Alegre
Presidentes de Grêmio e Inter participam do programa Pampa Debates, da TV Pampa, nesta quarta
Deixe seu comentário
Pode te interessar