Domingo, 16 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
35°
Fair

Agro Diversidade de ações na 41ª Expointer marca os 25 anos do SENAR-RS

Vitrine da Carne - É uma das atrações mais visitadas da Expointer nos últimos anos. Na estrutura instalada no Pavilhão Internacional, haverá novamente uma estrutura para assistir demonstrações de consultores e mestres em cortes e tipos de carnes. (Foto: banco de dados/O Sul)

A fim de estimular iniciativas de inovação no campo e estreitar o relacionamento com o público rural, o SENAR-RS preparou uma diversificada programação para a 41ª Expointer. No ano que completa 25 anos, a Instituição irá promover oficinas e palestras técnicas apresentando parte dos conteúdos que trabalha regularmente em ações pelo Interior do Estado. É o caso do programa “De onde virão os terneiros?”, que chega pela primeira vez à Expointer através da Oficina de Bovinocultura de Corte, espaço com palestras diárias sobre técnicas de manejo de terneiros e expectativas do mercado de produção.

O uso de tecnologias é cada vez maior na pecuária e, por isto, a ultrassonografia será o destaque na Oficina de Ovinos mostrando a importância para diagnóstico de gestação e avaliação de carcaças. No mesmo local, haverá um espaço dedicado ao Planejamento Forrageiro Anual, com apresentação de técnicas para manejo de pasto voltado à alimentação de ovinos e bovinos. Nas palestras, serão abordados pontos como potencialização do uso do solo, espécies ideais para pastagem, alturas de manejo, valores nutricionais e cultivo integrado à pecuária e à lavoura.

Para o público em geral, uma das atrações será o Salão do Empreendedor. Localizado no Pavilhão Internacional, o espaço é uma iniciativa organizada pela Farsul, SENAR-RS e SEBRAE-RS, através do Programa Juntos para Competir. Esta iniciativa ainda conta as parcerias da Fecomércio/SENAC-RS, Fiergs/SENAI-RS e Embrapa. Planejado a partir do conceito “Do Campo à Mesa”, o Salão do Empreendedor pretende esclarecer aos visitantes da Expointer como atuam inúmeras micro e pequenas empresas que compõem as cadeias produtivas de três grandes segmentos do agronegócio gaúcho: vinhos e espumantes, carne e soja.

Para a completa visão de como o Estado se tornou referência nessas três áreas, uma novidade também chega em formato tecnológico: pela primeira vez, estarão no Salão do Empreendedor 15 startups que desenvolvem serviços específicos para a produção rural. Nove delas são ligadas ao Programa Startup Agrotech, lançado em 2018 pelo SEBRAE-RS. As outras já integraram ou ainda estão no Programa StartupRS, iniciado em 2015. O público da feira também contará com a Vitrine da Carne. No local, estará a tradicional estrutura para assistir demonstrações de consultores e mestres em cortes e tipos de carnes. Eles ensinam, ao vivo, e conforme programação, técnicas para obter excelentes experiências de consumo. Por exemplo, a desossa e a apresentação de diferentes cortes e modos de preparo de carnes selecionadas. A Vitrine da Carne é organizada pelo Sistema Farsul.

Voltar Todas de Agro

Compartilhe esta notícia:

7º Festival do Japão RS já é o maior evento da cultura japonesa do RS e chega na sua 7º edição, celebrando os 110 anos da imigração japonesa no Brasil
7º Seminário do Produtor de Leite da Cooperativa Piá recebeu cerca de 1,1 mil associados
Deixe seu comentário
Pode te interessar