Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil “É de se estranhar tal comportamento em um homem que se diz cristão”, responde presidente da OAB a Bolsonaro

Compartilhe esta notícia:

Felipe Santa Cruz, presidente da OAB fez declarações em sua rede social. (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)
O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, afirmou que o presidente da República, Jair Bolsonaro, demonstra “crueldade e falta de empatia”. A declaração foi feita nesta segunda-feira (29), após Bolsonaro afirmar que poderia explicar como o pai de Santa Cruz desapareceu durante a ditadura militar.
O presidente da OAB afirmou que o presidente da República demonstra seu desconhecimento sobre a diferença entre público e privado, e disse estranhar essa atitude de “um homem que se diz cristão”. Santa Cruz finalizou sua declaração afirmando que o que une a sua geração com a do pai é o compromisso com a democracia, goste ou não o presidente do país.
O pai do líder da Ordem era Fernando Augusto Santa Cruz de Oliveira, desaparecido em fevereiro de 1974, após ter sido preso junto de um amigo por agentes do DOI-Codi, órgão de repressão da ditadura militar.
Confira as declarações do presidente da OAB:

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ministério da Justiça afirma que disponibilizou vagas para líderes de rebelião no Pará
ONU elogia Brasil por reconhecer venezuelanos como refugiados
Deixe seu comentário
Pode te interessar