Sábado, 25 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Notícias Em foto divulgada nas redes sociais, Jair Bolsonaro aparece lavando e pendurando roupas no varal

Compartilhe esta notícia:

Presidente eleito passa o feriado de Natal na Ilha da Marambaia (RJ). (Foto: Divulgação/Twitter)

Nesse domingo, a assessoria do presidente eleito Jair Bolsonaro divulgou fotos dele lavando roupa e pendurando peças em um varal durante o descanso de fim-de-semana na Ilha da Marambaia, no Litoral Sul do Rio de Janeiro. Faltando poucos dias para a sua posse, ele decidiu se isolar e descansar em uma casa na área militar da ilha, onde passa o feriado de Natal com familiares.

O político do PSL deixou sua casa na Barra da Tijuca, Zona Oeste da capital fluminense, na manhã desse sábado. Ele estava acompanhado do filho, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ). A futura primeira-dama Michelle e a filha do casal embarcam na segunda-feira para encontrá-lo.

De acordo com assessores, a previsão é de que Jair Bolsonaro retorne para o Rio na próxima quinta-feira. Já a sua mudança em definitivo para Brasília, com a família, deve ocorrer no sábado, três dias antes da cerimônia de posse presidencial.

Segurança

A Marinha montou um forte esquema de vigilância para garantir a segurança e a privacidade dos “hóspedes” durante a sua permanência na Ilha da Marambaia, na zona militar conhecida como “Costa Verde”.

Ao longo desse domingo, a praia onde ficam as instalações utilizadas por presidentes e outras autoridades era mantida sob forte vigilância. Ao menos duas lanchas – cada uma delas tripulada por um agente armado com fuzil – abordavam embarcações que se aproximavam da praia a mais de 1 quilômetro da orla.

Compromisso

Antes de embarcar, o presidente eleito terá um compromisso já mirando as relações internacionais do futuro governo. Conforme o colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”, na sexta-feira ele almoçará com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, no Forte de Copacabana, Zona Sul do Rio. O premiê judeu pretende participar da posse.

Em postagem no Twitter, o presidente eleito afirmou que o seu governo vai unir ações de ministérios, em uma tentativa de aumentar a eficiência: “As convergências ministeriais darão o tom de desenvolvimento de nosso país. Reduzir o estado, desenvolvimento sem entraves de ONGs, acordos comerciais bilaterais já em andamento e mudar a atual pífia linha educacional. Vamos alavancar o Brasil!”.

Ex-assessor

Na próxima sexta-feira, deve ter um novo desdobramento o caso envolvendo o ex-policial militar Fabrício Queiroz, que trabalhou como motorista para o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O ex-assessor do gabinete alegou razões médicas para faltar a dois depoimentos em que precisaria explicar uma movimentação financeira de R$ 1,2 milhão em um ano, considerada “atípica” pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro concedeu o prazo até o fim desta semana para que Queiroz apresente os laudos médicos e justifique as ausências.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Filho de Bolsonaro ficou em segundo lugar em um campeonato de surf amador no Rio de Janeiro
Após Bolsonaro bloquear um jornalista no Twitter, um dos seus filhos disse que é “piada” acusá-lo de calar a imprensa
Deixe seu comentário
Pode te interessar