Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Mostly Cloudy

Economia Empresa confirma investimentos de 1 bilhão de reais no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Os recursos serão aplicados na ampliação e na modernização do seu complexo industrial, em Rio Grande. (Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini)

O Rio Grande do Sul receberá investimento de R$ 1 bilhão da Yara Fertilizantes até 2020. A confirmação foi feita pelo presidente da empresa no Brasil e vice-presidente da Yara International, Lair Hanzen, em audiência com o governador José Ivo Sartori nesta segunda-feira (11), no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Os recursos serão aplicados na ampliação e na modernização do seu complexo industrial, em Rio Grande, que atualmente contempla píer próprio com ligação com o modal ferroviário, duas fábricas de produção, uma unidade industrial misturadora de fertilizantes e armazéns de depósito de produtos. Em fevereiro de 2015, a empresa já havia manifestado a intenção de ampliar a sua planta na Zona Sul do Estado.

Após o encontro com executivos da Yara, líder mundial em nutrição de plantas, Sartori afirmou que o governo estabeleceu uma política para a atração de investimentos privados. “Estamos aqui para promover o desenvolvimento com sustentabilidade, reduzir a burocracia e incentivar pequenos, médios e grandes negócios, como é o caso da Yara Fertlizantes”, disse Sartori. Acrescentou que essa ação do governo, integrada e bem articulada, somente em 2015 captou 53 projetos, que totalizaram a confirmação de R$ 20,8 bilhões para o Rio Grande do Sul.

De acordo com Hanzen, os aportes no complexo localizado no RS possibilitarão que a Yara siga contribuindo para o desenvolvimento da agricultura, já que a expectativa é que o Brasil se torne o maior produtor mundial de alimentos nos próximos anos.

A ampliação da unidade duplicará a fabricação e a capacidade de mistura de fertilizantes. Em seu ápice – nos anos de 2017 e 2018, as obras devem criar mais de mil vagas diretas de trabalho, além de três a quatro mil indiretas. Junto a isso, os aportes no complexo visam ampliar a capacidade de atendimento em mercados da Região Sul, do Mato Grosso do Sul e do Paraguai, por exemplo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

No Rio, policiais são presos dormindo em serviço
Objeto voador não identificado é visto se aproximando da Estação Espacial Internacional
Deixe seu comentário
Pode te interessar