Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Partly Cloudy

Flávio Pereira Encontro de Bolsonaro com o prefeito eleito Sebastião Melo

Compartilhe esta notícia:

Última visita do presidente ao estado, foi no mês de julho, em Bagé. (Foto: Alan Santos/Divulgação/PR)

O primeiro encontro do prefeito eleito de Porto Alegre Sebastião Melo (MDB) com o presidente Jair Bolsonaro, para alinhar alguns projetos nas áreas da saúde e da mobilidade, dentre outros, poderá acontecer em Porto Alegre.

A ideia inicial do agendamento de uma visita de Melo a Brasília poderá ser alterada.

Para facilitar a conversa, cogitou-se ontem no Planalto, que o presidente Bolsonaro e Melo tenham uma conversa na próxima quinta-feira, dia 10 na capital gaúcha.

Nesta data, o presidente virá a Porto Alegre, para inaugurar a segunda ponte do Guaíba, e a conclusão do trecho da BR-116 entre Guaíba e Barra do Ribeiro, tocado pelo Batalhão de Engenharia do Exército.

Operação Guaíba

Denominada de Operação Guaíba, a obra na BR-116 é a maior operação de pavimentação executada pelo Exército Brasileiro através do Departamento de Engenharia e Construção.

O Batalhão de Engenharia espera assumir novo lote da obra ainda este ano. Seria o trecho de 21,88 quilômetros, entre os quilômetros 351,34 e 373,22, em Camaquã,que pertence à construtora Ivaí. A duplicação da BR-116 é vista como estratégica, por ser o mais importante acesso ao porto de Rio Grande.

O prejuízo do PTB com a renúncia em Porto Alegre

A renúncia de José Fortunati à candidatura para a prefeitura de Porto Alegre, única saída após a barbeiragem jurídica da filiação do seu vice, André Cechini do Patriotas, custou caro ao PTB.

O partido amarga um prejuízo de 140.369,19, que é o valor dos serviços contratados para a campanha eleitoral até o momento da renúncia. Foi dinheiro jogado fora.

Assalto a banco romântico?

Causou surpresa, a maneira romântica e generosa como alguns jornalistas da capital gaúcha interpretaram a violenta operação criminosa que aconteceu em Criciúma, com o roubo ao Banco do Brasil, uso de reféns, violência e ameaças contra a população, e ferimentos em policiais.

O fato revela soberba, e a total falta de vinculo com a realidade.

Reiterados elogios à “inteligência” dos bandidos, retratados como “gente boa”.

Em relação à ação da inteligência das polícias de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, prendendo alguns dos suspeitos de participação no ato criminoso, até agora nenhum elogio.

Organizações criminosas descapitalizadas

Para os especialistas em segurança, as ações criminosas realizadas em Criciúma, Araranguá e Cametá (PA) representam um esforço desesperado das grandes facções para recuperar o prejuízo causado pelas fortes ações da Polícia Federal com apoio das polícias estaduais, descapitalizando o tráfico de drogas no país inteiro.

Como será a sucessão na Famurs

O critério do número de prefeitos eleitos já pode definir como será o comando da Famurs, a Federação das Associações de Municípios do RS.

A partir de 2021, nos quaro anos seguintes, o rodízio será feito com prefeitos indicados pelo PP, PMDB, PDT e PTB.

O PT, que atualmente comanda a Famurs, sai de cena, após cair para a sexta posição em número de prefeitos eleitos (23). O PP elegeu 143 prefeitos, vindo a seguir o MDB (135), o PDT (65) e o PTB, com 31 prefeitos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Weintraub diz que Doria tem aliados dentro do Palácio do Planalto
Doria poderá decretar calamidade para aplicar vacina chinesa sem aval da Anvisa
Deixe seu comentário
Pode te interessar