Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Porto Alegre Festival destaca ofertas de carnes exclusivas do Mercado Público

Mercado Público sedia Festival de Carnes a partir do dia 9.

Foto: Jefferson Bernardes/PMPA
Mercado Público sedia Festival de Carnes a partir do dia 9. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

A SMDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico) e a Associação dos Permissionários do Mercado Público promovem, entre os dias 9 e 14 de dezembro, a 1ª edição do Festival de Carnes do Mercado Público Central (Largo Glênio Peres, s/nº – Centro Histórico). Ao todo, sete bancas (veja quais são elas abaixo) oferecerão descontos de até 20% nos preços dos mais variados cortes de carne. A expectativa é de que o volume de comercialização cresça em até 30 toneladas na comparação com uma semana comum.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Cidade, explica que o evento representa uma boa alternativa para os porto-alegrenses diante do recente aumento no preço médio da carne – que cresceu em até 30% em novembro, segundo dados da Agas (Associação Gaúcha de Supermercados). “Ao mesmo tempo, o Festival serve de estímulo para fortalecer o segmento de casas de carne do Mercado. Ganha o consumidor, ganha o comércio local e ganha a economia da Capital”, diz Cidade.

Já o coordenador do Mercado Público, Denis Carvalho, explica que o Festival honra a tradição do espaço de oferecer ao consumidor cortes de alta qualidade com preços diferenciados. “Reunimos os comerciantes das casas de carnes e criamos, em conjunto, este Festival. Nosso intuito é trazer opções de melhores preços aos consumidores”, garante Carvalho.

As bancas participantes são: Costelão do Mercado, Santo Ângelo, Açougue Rodeio, Banca A, San Remo, Big Beef, Ildo Pozzebom LTDA. O horário é de segunda a sexta, das 7h30 às 19h30, e sábado, das 7h30 às 18h30

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

EPTC informa alterações de trânsito para eventos do fim de semana
A prefeitura de Porto Alegre vendeu a folha de pagamento e disse que parte da renda será investida na reforma de 78 escolas
Deixe seu comentário
Pode te interessar