Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Notícias Governo Lula lançará campanha com aceno a evangélicos

Compartilhe esta notícia:

O objetivo também será tentar diminuir polarização política no Brasil. (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Com a popularidade em queda, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva vai colocar no ar na próxima semana uma nova campanha publicitária que buscará, ao mesmo tempo, acenar aos evangélicos, segmento alinhado ao bolsonarismo, e tentar destacar a entrega de obras e projetos como forma de esfriar a polarização política que domina o País.

A ideia é que o material seja exibido simultaneamente à visita do presidente e de seus ministros a cada estado. O slogan escolhido pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) é “Fé no Brasil”, que, na visão de integrantes do governo, sinaliza ao público religioso e busca demonstrar que as promessas de Lula estão se materializando.

O ministro da Secom, Paulo Pimenta, tem feito reuniões com os demais ministérios para que as campanhas relacionadas a entregas sejam envelopadas com o novo slogan. Cada pasta usará o seu contrato publicitário para fazer a divulgação.

“O governo definiu alguns princípios: a segmentação e a regionalização. A ideia é que nessa fase de entregas cada estado tenha a sua linguagem”, afirma Pimenta.

Auxiliares de Lula entendem que a divulgação de realizações do governo ajuda a afastar a polarização porque, quando a população vê os resultados concretos de ações, tende a deixar de lado a disputa entre Lula e o ex-presidente Jair Bolsonaro, que domina a política brasileira desde a eleição de 2018.

Críticas a Bolsonaro

Para concretizar essa nova estratégia, porém, auxiliares avaliam ser necessário que o atual presidente deixe de falar do antecessor. Na reunião ministerial do último dia 18, que tinha como um dos focos principais definir estratégias de comunicação do governo, por exemplo, Lula chamou Bolsonaro de “covardão” e disse que o País “correu o risco de ter um golpe”. A fala dominou o noticiário do dia.

Um dos focos na nova campanha do governo será a educação, com a divulgação do programa Pé de Meia, que prevê o pagamento de uma poupança e um auxílio para estudantes de baixa renda do ensino médio permanecerem na escola, do novo Fies (programa de financiamento estudantil para universitários) e da implantação das escolas em tempo integral.

Também está prevista a divulgação de obras rodoviárias pelo País. A estratégia de regionalização terá início na próxima semana. Quando Lula desembarcar no Rio nesta terça-feira para inaugurar uma faculdade voltada a alunos campeões de olimpíadas de matemática, rádios, emissoras de TV e sites locais começarão a exibir as campanhas do governo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Rédea solta: base frágil de deputados federais e senadores leva o governo Lula a deixar de orientar sua bancada em um terço das votações no Congresso
Julgamento de Sérgio Moro; entenda o que está em jogo
https://www.osul.com.br/governo-lula-lancara-campanha-com-aceno-a-evangelicos/ Governo Lula lançará campanha com aceno a evangélicos 2024-03-31
Deixe seu comentário
Pode te interessar