Domingo, 07 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Partly Cloudy

Celebridades Hugh Grant causa comoção ao chamar ex para estrelar filme respondendo post nas redes sociais

Compartilhe esta notícia:

Elizabeth Hurley e Hugo Grant namoraram entre 1987 e 2000. (Foto: Reprodução)

O ator Hugh Grant causou comoção nas redes sociais ao fazer um convite informal pelo Twitter para a atriz Elizabeth Hurley, sua ex-namorada, estrelar ao seu lado o próximo filme da franquia ‘Paddington’. O convite foi feito pelo astro de 60 anos em resposta a um post da atriz no qual ela posa com jarras de marmeladas, o alimento preferido do ursinho Paddington. Grant interpretou o vilão de ‘As Aventuras de Padington 2’ (2017).

Namorada de Grant entre 1987 e 2000, Hurley escreveu na legenda da foto com as jarras nas mãos: “O lockdown me vez uma dona de casa maluca: já tenho 47 jarras de marmelada debaixo da escada e tenho mais um saco de laranjas pela frente”. Em sua resposta simpática, o ator escreveu: “Paddington 3”.

“É lindo ver esses dois ainda amigos e tão próximos”, escreveu uma pessoa em resposta ao tuíte do ator. “O casal mais perfeito”, respondeu outra. “Adoro que o Hugh ainda dê tanto apoio a ela”, afirmou uma terceira. “Sim, ela deveria estar em ‘Paddington 3’ e vocês deveriam se apaixonar outra vez”, brincou mais alguém.

Grant está casado desde 2018 com a produtora de TV Anna Elisabet Eberstein, mãe de três de seus cinco filhos. Os outros dois são de seu relacionamento com a ex-namorada Tinglan Hong. O relacionamento dele com Hurley chegou ao fim em 2000, cinco anos após ele ser preso contratando os serviços de uma garota de programa em Los Angeles.

Após ao término do relacionamento com Grant, Hurley teve seu filho, Damien (18 anos), fruto de seu namoro com o empresário Steve Bing. Apesar do término com Grant, Hurley já deu entrevistas exaltando a amizade que manteve com o ex.

Ela falou sobre o ex em uma entrevista à revista People no ano passado: “Eu falo bastante com ele (…) Vou atrás dele para pedir conselhos sobre os roteiros que recebo. Apesar dele está muito bem casado e com cinco filhos e eu ter a minha própria vida, ainda temos algumas parcerias nas quais nos damos muito bem”.

“Muito velho e feio”

Grant reinou quase soberano nas comédias românticas dos anos 1990 e início dos 2000. Quando alguém precisava de um tipo charmoso, mas com certa dose de vulnerabilidade, Grant era uma aposta mais que certa. Não à toa, marcou o supragênero liderando o elenco de filmes como Quatro Casamentos e um Funeral (1994) e Um Lugar Chamado Notting Hill (1999). Numa recente entrevista ao site norte-americano Deadline, ele disse porque tem se distanciado desse tipo de papel que lhe tornou um verdadeiro astro: “Meu problema, e por causa dele não há realmente o perigo de eu fazer uma comédia romântica atualmente, é que estou muito velho e feio. Isso não vai acontecer”. Claro que essa declaração vem embalada em algumas camadas de ironia, uma vez que a comédia romântica vive de ciclos, mas frequentemente acaba sendo consagrada a personagens mais jovens e esbeltos.

Longe de ser um “jogar de toalha”, a postura de Hugh Grant também tem a ver com os rumos que sua carreira tem tomado, com algumas tentativas de demonstrar a versatilidade que a fama abundante lhe negava nas décadas atrás, nas quais era um nome celebrado mais amplamente. Na televisão, ele colecionou elogios por seus desempenhos em A Very English Scandal (2018) e The Undoing (2020).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Felipe Titto posa de sunga e conquista elogios dos internautas
Marcos Mion fala do casamento, posa ao lado da mulher e mostra o físico dos dois
Deixe seu comentário
Pode te interessar