Segunda-feira, 01 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
28°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Inaugurada a duplicação da ERS-118

Compartilhe esta notícia:

Trecho duplicado tem 21,5 quilômetros e é alternativa a rodovias federais da região.

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
Trecho duplicado tem 21,5 quilômetros e é alternativa a rodovias federais da região. (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)

Na tarde desta quarta-feira (23), ao levantar os cones do meio da ERS-118, o governador Eduardo Leite pôs fim a mais de duas décadas de espera pela duplicação dos 21,5 quilômetros que interligam os acessos à BR-116 em Sapucaia do Sul à freeway, em Gravataí.

Iniciada há 14 anos, mas com diversas interrupções, a obra composta por oito pistas (incluindo ruas laterais), sete viadutos e duas pontes foi retomada pela atual gestão em junho de 2019, após obter financiamento de R$ 131 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para executar a fase final da rodovia sem novas suspensões.

“Vários governos deram suas contribuições e tiveram seus desafios no caminho, mas coube ao nosso governo, graças à priorização que demos desde o início, mesmo sem ter os recursos necessários, garantir a conclusão dessa obra. Não foi fácil. Buscamos um acerto com o BNDES, um último contrato com o banco e cujos recursos o Estado estava prestes a perder, para aplicar mais de R$ 130 milhões em um ano e meio sem paralisar a obra. Mesmo com pandemia, falta de materiais ou intempéries, nós conseguimos. Priorizamos e concluímos buscando melhorar a vida de quem aqui mora, trazendo mais agilidade e segurança nos deslocamento e também pelos novos investimentos, que já estão acontecendo, devido às condições de receberem fornecedores e de escoarem a sua produção”, destacou o governador Eduardo Leite.

O governador também agradeceu à parceria dos deputados, que ajudaram a aprovar as profundas reformas já realizadas, que reduziram as despesas da máquina pública, assim como os projetos de modernização, como o novo Código Ambiental, e as privatizações, fazendo menção especial ao projeto de lei aprovado na terça-feira (22), que vai reduzir impostos de maneira responsável, mantendo os níveis de arrecadação por mais um ano.

Com a liberação do tráfego em toda a rodovia, a ERS-118 é uma alternativa a rodovias federais da região não apenas para os moradores dos quatro municípios cortados pela estrada estadual – Sapucaia do Sul, Esteio, Cachoeirinha e Gravataí -, mas de todos os motoristas que trafegam pela Região Metropolitana em direção tanto ao Litoral Norte quanto ao interior do Estado.

“Não se trata de uma obra do governo, ela é da população. Foi construída a muitas mãos e articulação de vários Poderes, instâncias e dos próprios moradores. Nós assumimos o compromisso de entregar a duplicação pronta até o Natal e estamos aqui, considero, entregando um presente de Natal para o povo gaúcho”, sintetizou Costella.

Representando a Câmara dos Deputados, o deputado federal Lucas Redecker, a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Ernani Polo, e os prefeitos da região, o chefe do Executivo de Esteio, Leonardo Pascoal, também discursaram, destacando os ganhos de competitividade e, consequentemente, de desenvolvimento que o Estado terá a partir da obra.

“Que esta obra seja um marco político do que ainda podemos fazer pelo nosso Estado”, afirmou Pascoal.

Durante sua fala, o governador também anunciou que o projeto de iluminação ao longo do novo trecho duplicado da ERS-118 vai ser concluído no primeiro trimestre de 2021.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Coronavírus e fim de ano: especialistas e entidades recomendam festas virtuais para Natal e Ano-Novo
Ministro da Saúde diz que cronograma de vacinação é “mutável”
Deixe seu comentário
Pode te interessar