Domingo, 05 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Capa – Destaques Jornalista Rafael Henzel é velado em Chapecó

Velório do jornalista Rafael Henz no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes. Enterro ocorrerá no fim da tarde desta quarta-feira (27), no Cemitério Jardim do Éden. (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Desde as 6h30min desta quarta-feira (27), o corpo do jornalista Rafael Henzel, que morreu na noite desta terça-feira (26), está sendo velado na sala Agostinho Duarte, no Centro de Eventos de Chapecó. O local fica exatamente ao lado da Arena Condá, estádio da Chapecoense. Conforme informação de familiares, o enterro no Cemitério Jardim do Éden ocorrerá logo após uma homenagem, marcada para as 16h. Ele foi um dos seis sobreviventes na tragédia aérea da Chapecoense, em novembro de 2016, que vitimou 71 pessoas.

Henzel sofreu um infarto enquanto jogava futebol com amigos, chegou a ser socorrido e encaminhado de helicóptero ao Hospital Regional Oeste, mas não resistiu e morreu na unidade, às 21h10min, conforme nota emitida pelo hospital.

Durante a madrugada, uma cirurgia foi realizada para retirar as córneas do jornalista para doação. A família do profissional de 45 anos autorizou o transplante.

Logo no início do velório ocorreu uma cerimônia ecumênica. Por volta das 9h, uma bandeira do município de Chapecó foi colocada em cima do caixão pelo prefeito, Luciano José Buligon, e vice-prefeito, Elio Francisco Cella. A prefeitura de Chapecó decretou luto oficial de três dias no município.

O enterro acontecerá no fim da tarde dessa quarta-feira, no Cemitério Jardim do Éden. Henzel deixa o filho Otávio, de 14 anos, e a mulher, Jussara. A morte do jornalista causou comoção entre políticos, familiares, personalidades e jornalistas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Capa – Destaques

Campanha da Panvel apresenta soluções e facilidades em ambiente de convergência digital
Venda de sêmen Angus cresce 28% no Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar