Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Mundo Julgamento de ex-policial acusado de matar George Floyd é adiado nos Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

Derek Chauvin foi filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd

Foto: Reprodução/Facebook
Derek Chauvin foi filmado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd. (Foto: Reprodução/Facebook)

O juiz Peter Cahill adiou o início do julgamento do ex-policial Derek Chauvin – acusado de matar George Floyd –, previsto para começar nesta segunda-feira (08) com a seleção do júri nos Estados Unidos. O adiamento ocorreu a pedido da acusação.

A morte de Floyd, ocorrida em maio do ano passado durante uma abordagem policial em Mineápolis, motivou uma onda de protestos contra o racismo nos EUA e em todo o mundo.

Chauvin foi expulso da polícia depois de ser filmado pressionando o pescoço de Floyd durante quase nove minutos até a morte do homem negro. Floyd, que estava algemado, dizia que não conseguia respirar. Ele foi abordado após ter utilizado uma nota falsa de US$ 20.

O magistrado adiou o início do julgamento ao menos até esta terça-feira (09). Um outro tribunal examina se é possível acusar Chauvin de assassinato em terceiro grau, e os promotores querem aguardar essa decisão antes de começar a seleção do júri.

Caso o ex-policial responda a um homicídio de maior grau (o que acontece de acordo com a vontade de matar, premeditação e outras características do crime), a pena máxima dele pode ser maior.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Dmae suspende serviço que provocaria falta de água na Zona Sul de Porto Alegre
Com a participação de mulheres inspiradoras, BRDE promove ciclo de palestras 
Deixe seu comentário
Pode te interessar