Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Brasil Ministério Público apreende R$ 8,5 milhões em operação contra fraudes na saúde no Rio de Janeiro

Compartilhe esta notícia:

Ex-secretário de Saúde Edmar Santos foi preso na sexta-feira

Foto: Reprodução de TV
Ex-secretário de Saúde Edmar Santos foi preso na sexta-feira. (Foto: Reprodução de TV)

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) apreendeu, na sexta-feira (10), R$ 8,5 milhões em espécie durante nova fase da Operação Mercadores do Caos, que investiga fraudes em contratos para compra de respiradores mecânicos usados, entre outras coisas, para o atendimento a pacientes com Covid-19 no Estado.

De acordo com o MP-RJ, desse total, cerca de R$ 1,5 milhão era de moedas estrangeiras (dólar, euro e libra esterlina). A quantia foi entregue espontaneamente por um dos investigados no inquérito, cujo nome não foi revelado.

O dinheiro terminou de ser contado na madrugada deste sábado (11) com a ajuda de máquinas emprestadas pelo Banco do Brasil, na presença do investigado e do seu advogado.

Durante a operação, o ex-secretário estadual de Saúde do RJ Edmar Santos foi preso na capital fluminense. O MP-RJ também obteve o arresto judicial de R$ 36,9 milhões em bens do ex-secretário, que seria o valor supostamente desviado em três contratos.

No início de maio, o ex-subsecretário executivo da pasta Gabriell Neves já havia sido preso por suspeita de envolvimento no esquema. Alguns dias depois, Edmar Santos foi exonerado do cargo.

 

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Pesquisa mostra o que mudou para os influenciadores digitais gaúchos durante a pandemia
O Tribunal Superior Eleitoral vai aumentar o número de eleitores por seção porque a licitação para comprar urnas atrasou
Deixe seu comentário
Pode te interessar