Quarta-feira, 06 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Saúde Ministro da Saúde diz que surto de varíola do macaco ainda não preocupa o País

Compartilhe esta notícia:

Ministro da Saúde diz que pasta vai monitorar evolução da doença no mundo, mas diz que não há risco ao Brasil no momento.

Foto: Getty Images
Cientistas sugerem revisão nos critérios atuais de diagnóstico. (Foto: EBC)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (26) que a varíola do macaco ainda não é motivo de preocupação para o Brasil. De acordo com ele, o governo federal vai acompanhar a evolução mundial da doença. Por ora, ele descarta que o país tenha risco de um surto. Até o momento, nenhum caso da enfermidade foi registrado em solo brasileiro.

“Não é um motivo de preocupação. É um motivo de monitorar e verificar como é que esse cenário se estabelece no mundo inteiro”, declarou Queiroga. “Eu estive agora na OMS [Organização Mundial da Saúde], e esse tema foi tratado lá. Há um monitoramento desses casos, mas não há uma preocupação efetiva com um impacto maior dessa situação no Brasil”, acrescentou.

O ministro ainda comentou que, agora, o governo brasileiro não pensa em imunizar a população contra a varíola do macaco. No entanto, caso o País seja acometido por um surto, o Ministério da Saúde pode montar um esquema de vacinação.

“Ainda não temos vacinas disponíveis em larga escala e não temos dados objetivos acerca dessa questão. Mas se houver um consenso nesse sentido [de vacinar os brasileiros] e houver uma política pública efetiva, se localizará o público alvo e, eventualmente, se tomará toda medida que for necessária”, afirmou Queiroga.

Nesta semana, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações constituiu, em caráter consultivo, uma câmara técnica de pesquisa para acompanhar os desdobramentos científicos sobre o vírus da varíola do macaco. Além disso, o Ministério da Saúde montou um grupo de trabalho para monitorar a evolução do surto da doença e definir protocolos para identificar possíveis casos que surjam no Brasil.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Famurs é favorável ao projeto que coloca investimentos estaduais na BR-116 e BR-290
Porto Alegre recebe etapa do circuito brasileiro de skate a partir desta sexta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar