Sábado, 25 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Política Ministro do Supremo Marco Aurélio Mello vota para Bolsonaro depor por escrito

Compartilhe esta notícia:

A acusação de suposta tentativa de interferência de Bolsonaro (foto) na PF foi feita por Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, ao deixar o cargo, em abril

Foto: Alan Santos/PR
Presidente ressaltou que "as represas estão em níveis baixíssimos" e que o período de chuvas ainda não veio. (Foto: Alan Santos/PR)

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello manifestou nesta quinta-feira (24) seu voto para que o presidente Jair Bolsonaro possa depor por escrito no inquérito que apura suposta tentativa de interferência na PF (Polícia Federal).

“A interpretação histórica, sistemática e teleológica do Código de Processo Penal deságua na possibilidade de a audição do Presidente da República, na qualidade de testemunha, investigado ou réu, ser por escrito”, escreveu o ministro, em seu voto.

Há duas semanas, o ministro do STF Celso de Mello, que está afastado por motivos de saúde, deixou decisão assinada para que Bolsonaro tivesse que depor presencialmente no âmbito do inquérito.

A acusação de suposta tentativa de interferência na PF foi feita por Sérgio Moro, ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, ao deixar o cargo, em abril.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Finlândia e Reino Unido treinam cães para detectar o coronavírus em aeroportos
Prefeitura de Porto Alegre planeja passar a gestão de mais 61 postos de saúde a instituições privadas
Deixe seu comentário
Pode te interessar