Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Brasil Moradores de Brumadinho realizam ato para marcar seis meses da tragédia



Brumadinho ainda enfrenta diversos problemas causados pelo rompimento da barragem. (Foto: Divulgação)

Familiares de vítimas de Brumadinho realizaram um ato nesta quinta-feira (25), para marcar os seis meses do rompimento da barragem da Vale em Minas Gerais, que deixou 248 mortos, até o momento. Os participantes fizeram 22 mini-jangadas de bambu, carregadas com rosas brancas, para simbolizar cada vítima que ainda não foi encontrada pelas equipes de resgate.

As mini-jangadas foram lançadas no Rio Paraopeba, que atualmente está poluído pelos rejeitos. Além disso, o ato contou com a participação de um funcionário da empresa Vale, que homenageou os amigos mortos pelo rompimento da barragem.

As famílias ainda fizeram uma caminhada e clamaram por justiça, carregando diversos cartazes e fotos das vítimas. Na ponte que atravessa o Rio Paraopeba, uma faixa com a frase “O lucro não Vale a vida” chamava a atenção de quem passava pelo local. O silêncio tomou conta da manifestação às 12h28, horário em que a barragem se rompeu, há seis meses.

As buscas pelos 22 desaparecidos continuam. Moradores e familiares de vítimas ainda buscam com os responsáveis a compensação dos danos sofridos pela tragédia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Carga de ouro é roubada no Aeroporto Internacional de Guarulhos
Operação Lava Jato devolve R$ 424,9 milhões para a Petrobras
Deixe seu comentário
Pode te interessar