Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Partly Cloudy

Brasil Morre soldado da Força Nacional de Segurança que foi baleado após entrar por engano em favela no Rio

Compartilhe esta notícia:

Hélio Andrade foi atingido na cabeça no Complexo da Maré (Foto: Reprodução)

O soldado Hélio Vieira, de 35 anos, agente da Força Nacional de Segurança que foi baleado na cabeça na quarta-feira (10) após entrar por engano na comunidade Vila do João, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, morreu nesta quinta-feira (11). O anúncio foi feito no fim da noite pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

“Michel Temer decretará luto oficial pela morte de nosso herói. Honra e dignidade aos nossos policiais”, afirmou o ministro. Vieira havia sido cedido pela Polícia Militar de Roraima para atuar na Olimpíada do Rio. No mesmo ataque na favela, outro agente foi baleado.

Cerca de 6 mil agentes da Força Nacional, de vários Estados, foram enviados à capital fluminense para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos. (Folhapress)

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Aliados de Eduardo Cunha apostam que a votação da cassação do deputado afastado só ocorrerá após as eleições de outubro
Dono de farmácia reage a assalto e mata um bandido em Xangri-lá
Deixe seu comentário
Pode te interessar