Domingo, 23 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
33°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil MPF vai pedir que Temer use tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar 

Compartilhe esta notícia:

O pedido será feito caso a Justiça resolva negar o recurso contra a decisão que soltou o ex-presidente. (Foto: Evaristo Sa/AFP)

O Ministério Público Federal vai pedir que o ex-presidente da República, Michel Temer, use tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar. O pedido será feito caso a Justiça resolva negar o recurso contra a decisão que soltou o político outros sete presos pela Lava-jato na semana passada.

Temer voltou a cidade de São Paulo nesta segunda-fira (25) por volta das 21h15 depois de deixar, mais cedo, a sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio, onde estava preso desde a última quinta-feira (21).

O ex-presidente foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Ivan Athié. Temer havia sido preso preventivamente na última quinta-feira (21), durante a Operação Descontaminação, que investiga desvio de verbas nas obras da usina nuclear Angra 3.

Histórico

O ex-presidente foi preso preventivamente, junto com o ex-ministro Moreira Franco e quatro acusados, por integrar uma quadrilha que cometeu crimes de corrupção relacionados à construção da Usina Nuclear Angra 3. Após ser preso, a pedido da defesa, Temer foi levado para a sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro. O ex-ministro Moreira Franco estava preso no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói.

As prisões foram determinadas pelo juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, que julga os processos relacionados à Lava Jato no Rio de Janeiro.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Bolsonaro se reúne com ministros no Palácio do Planalto 
Inflação registra alta de 0,54% em alimentos e transporte no Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar